Inglaterra, Espanha e Estados Unidos confirmam casos de zika

Infectados americanos e britânicos vieram de viagens a outros países

Por felipe.martins , felipe.martins

Espanha - Novas confirmações de Zika vírus deixaram o mundo em alerta. Nos Estados Unidos, três pessoas apresentaram resultado positivo para o vírus em Nova York. A Inglaterra também confirmou neste sábado três casos de infecção pelo Zika em britânicos que retornaram de viagens à América do Sul. Já na Catalunha, região autônoma da Espanha, há duas mulheres infectadas.

O Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) americano informou que, entre 2015 e 2016, 12 casos de Zika foram confirmados no país. Em todos eles, os pacientes foram contaminados durante viagens a outros países.

O governo britânico ressaltou em comunicado que o Zika vírus “não se encontra de forma natural” no país e que não é transmitido pessoa a pessoa. “Um número reduzido de casos (de transmissão) se deu por meio de relações sexuais ou a partir da transmissão entre a mãe e o feto através da placenta”, explicou o serviço público de saúde britânico.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia