Brasileira acusa espanhol de violentar e matar a filha de 1 ano e meio

O crime aconteceu em Vitória, no País Basco, na madrugada de segunda-feira

Por felipe.martins , felipe.martins

Madrid - Uma brasileira de 18 anos acusa um cidadão espanhol de ter violentado e matado a filha de 1 ano e meio. O crime aconteceu em Vitória, no País Basco, na madrugada desta segunda-feira. O homem, um professor de saxofone de 30 anos, teria conhecido a jovem na mesma noite e convidado a conhecer a casa dela. Dormiram juntos, e, quando a brasileira acordou, não viu Alicia no berço.

A jovem conta que viu o professor molestando da filha e gritou por socorro. O espanhol jogou a bebê por uma janela que estava fechada. Em seguida, ele atacou a brasileira com com um estilhaço de vidro na garganta. A menina sofreu traumatismo crânio-encefálico grave e politraumatismos na queda e morreu no hospital em Bilbao.

Chocados com o crime, vizinhos chamaram a polícia ao local. "Pensei que o que tinha caído era um boneco, um boneco", contou uma das moradoras ao jornal "El País". "Mas eles continuaram discutindo com gritos horríveis e golpes".

De acordo com a porta-voz do governo regional, os dois estão hospitalizados por ferimentos que ocorreram durante a briga. O espanhol foi acusado de homicídio e tentativa de homicídio. Ele irá prestar depoimento assim que for liberado pelos médicos.





Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia