Hamilton Werneck: Mais ou menos educação

O projeto do governo federal Mais Educação é, em si, boa ideia

Por bferreira

Rio - O projeto do governo federal Mais Educação é, em si, boa ideia, porquanto prevê a permanência das crianças na escola por mais tempo, o que permite um aprendizado cultural muito maior que o tempo em que elas se dedicam a ouvir aulas. Mas muitos colégios não têm condições de abrigá-las, porque suas dependências já estão ocupadas pelos estudantes do turno seguinte.
Sendo os monitores considerados ‘amigos da escola’, recebendo abono mensal inferior ao salário mínimo e sem formação específica para a realização das tarefas de cunho cultural ou esportivo do contraturno, torna-se difícil obter êxito, a não ser que a comunidade colabore cedendo espaços e gente para as tarefas.

Outra questão que constitui um erro básico é o desejo de alguns gestores motivados com a nova ideia de aplicá-la em toda a rede escolar ao mesmo tempo, mesmo sem condições adequadas.

Tem dado certo, este projeto, naqueles municípios onde são escolhidas as unidades com condições físicas apropriadas, deixando as demais para um segundo momento, quando as dependências estiverem adaptadas.

A falta de planejamento e de adequação serão os grandes inimigos da empreitada, sendo a precipitação um elemento que pode comprometê-lo. Nada em Educação dá certo sem que as condições físicas das escolas sejam compatíveis, sem pessoal preparado para aplicar o que se pretende e sem planejamento específico.

Surge, agora, outra mania precipitada e alojada nas câmaras de vereadores, que votam leis obrigando um município a aplicar a educação integral em todas as escolas, sem prover as verbas e as condições necessárias. Todas essas ações que ‘jogam para a plateia’, apenas para dar a impressão de que se está fazendo alguma coisa diferente, podem não dar certo pela improvisação.

Nem sempre a velocidade é a estratégia mais adequada para se chegar ao objetivo final. Assim, devendo ser Mais Educação, poderá transformar-se em Menos Educação, deitando a perder série de ideias que poderiam auxiliar na educação integral das crianças.

Pedagogo e escritor

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia