Mais Lidas

Acusado de assaltar taxista, soldado é preso e chora

Bruno Almeida dos Santos, de 21 anos, foi preso em um quartel militar onde era lotado como soldado

Por cadu.bruno

Rio - Policiais civis prenderam, nesta quinta-feira, um jovem acusado de assaltar um taxista na região de Irajá, em janeiro de 2012. Bruno Almeida dos Santos, de 21 anos, teria cometido o crime com mais três comparsas.

Soldado chora após prisãoDivulgação

Bruno foi preso em um quartel militar onde era lotado como soldado, não apresentando resistência no momento da prisão. Segundo investigações conduzidas pela 27ª DP (Vicente de Carvalho), Bruno, que chorou após a prisão, foi reconhecido pela vítima.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia