Moradores de comunidades se unem e formam força-tarefa do meio ambiente

Grupo da Gardênia Azul, Cidade de Deus, Providência e Rio das Pedras fará itinerâncias trocando lixo por livros e CDs

Por paulo.gomes

Rio - Cansados do lixo jogado em suas favelas, um grupo de moradores da Gardênia Azul, Cidade de Deus, Rio das Pedras e Providência, lançaram na sexta-feira uma verdadeira força-tarefa de conscientização ambiental. A ação, coordenada pelo Grupo de Ação Ambiental Gardênia Azul, Gaaga, fará itinerâncias pelas comunidades trocando lixo por CDs e livros. “Além de moradores, as indústrias também precisam de conscientização”, aponta Izabel Maia, 43, moradora da Gardênia e presidente da Gaaga. “Daremos aulas para ensinar que lixo pode gerar fonte de renda.”

Izabel Maia%2C presidente da Gaaga%2C revela que grupo ensinará como o lixo pode virar fonte de rendaDivulgação / Sandra Lima

O grupo ainda irá reflorestar a favela e contará com a ajuda dos mototaxistas na fiscalização. “Nossa ideia é que evitemos que as pessoas levem lixos para o valão”. Segundo ela, sua favela nunca mais terá os jardins de gardênias azuis que lhe deram nome, pois as flores estão quase extintas, mas ela espera plantar outras e fazer de lá um horto. Por que não?

Mountain bike

No domingo que vem será realizada mais uma etapa do Circuito Estadual de Mountain Bike em Favelas, que realiza pela primeira vez na Baixada, uma etapa da modalidade Downhill, em Duque de Caxias. No local, estão sendo aguardados 100 ciclistas de diferentes categorias onde na ‘Elite Pro’, o vencedor leva o troféu da etapa e divide os R$15 mil em dinheiro.

Zap farmácia

A Rocinha mais uma vez está inovando. Quem sentir uma dor de cabeça ou quiser um produto de higiêne na favela não precisa sair de casa para chamar a farmácia. É que próximo ao Badalos, funciona a Farma Zapp, basta o cliente mandar uma mensagem pelo WhatsApp que o medicamento chega rapidinho e com entrega grátis. Isso sim é comodidade!

Sem colônia de férias

Com a crise econômica, a colônia de férias do Chapéu Mangueira que acontece há 16 anos está ameaçada. Segundo Ivan de Jesus, 53, 400 crianças do Chapéu, Babi e Cantagalo ficarão sem a iniciativa caso não consiga parceiros. “Precisamos de uniformes, lanches e transporte.” Segundo ele, a colônia acontece de 9 a 31 de janeiro. Doações pelo e-mail: ivandejesus@ig.com.br.

Contra a pobreza

Em lembrança ao Dia Internacional de Erradicação da Pobreza, comemorado no dia 17 de outubro, a ONG Teto realizará o 1º Fórum Nacional de Cidadania e Pobreza. O evento acontece em diversas cidades aonde o Teto está presente. Hoje é a vez de Duque de Caxias, com um dia de muitos debates, música, arte e cultura para pautar e conscientizar sobre a pobreza no Brasil.

Instituto Rio promove premiação

O Instituto Rio promove terça-feira a segunda edição do Prêmio Geraldo Jordão Pereira, que vai beneficiar dez iniciativas da Zona Oeste. “A região foi escolhida para receber os recursos por ser a que apresenta os piores índices sociais”, explica Graciela Hopstein, diretora Executiva do Instituto Rio. O evento que premiará iniciativas inovadoras nas áreas de Cultura, Educação e Desenvolvimento Comunitário, acontece na Biblioteca Parque Estadual. Entre os premiados estão uma ‘web-rádio na CDD’ e ‘Bumba meu Boi em Gericinó’.

A Pipa Social, polo de criação coletiva em Botafogo, abre sua primeira loja em parceira com o Rio Sul no dia 5 de novembro. As artesãs, todas moradoras de comunidades de baixa renda, estão estampadas pelas paredes do espaço que apresenta peças a partir de R$ 15.

Agenda

DEBATE NA BABILÔNIA
Neste sábado, a Babi promove o debate ‘Cidade ou Condomínio’, mediado por Damiana Bispo com participação de Marcia Gatto, Mônica Cunha, MC Copinho e Praga. Às 15h, no Mirante.

100 HISTÓRIAS NO MAM
Quem for ao Arte Core, hoje no MAM, poderá participar da oficina livre de experimentação artística promovida pelo 1001 Histórias com Arte. Das das 10h às 12h. Entrada grátis.

CONSTRUÇÃO CIVIL
O Serviço Social da Indústria da Construção está com vagas abertas para cursos gratuitos na área. Informações e inscrições na Rua Pará 141, Praça da Bandeira.

BABILÔNIA BLACK
Neste sábado, a partir das 22h, a Babilônia irá parar mais uma vez com sua famosa festa Babilônia Black com cinco DJs tocando Hip Hop, Charme, Rap, Twerk entre outros ritmos.

Com Tássia di Carvalho

Últimas de _legado_Rio sem Fronteiras