Rodrigues Alves fecha nesta quinta e trânsito deve piorar no local

Avenida será interditada a partir das 23h. Nesta quarta, ainda não havia informações no entorno

Por thiago.antunes

Rio - Doze dias após a interdição do Elevado da Perimetral, na Zona Portuária, o carioca já terá que lidar com nova mudança no trânsito: um trecho de um quilômetro da Avenida Rodrigues Alves será fechado nesta quinta-feira, a partir das 23h, nos dois sentidos. Apesar da proximidade da interdição, ontem não havia avisos sobres os desvios e alterações para os motoristas, assim como para os usuários dos ônibus que passam pela região.

Como alternativa para o acesso ao Centro, a prefeitura anunciou que a Rua Sacadura Cabral terá sua mão invertida e o fluxo irá em direção à Praça Mauá, a partir de amanhã, às 8h. Na segunda-feira, mais mudanças: será implantada uma faixa reversível exclusiva para carros na Via Binário do Porto, sentido Centro, da Rua da Gamboa até a Avenida Rodrigues Alves. O itinerário dos ônibus intermunicipais já foi deslocado para a chamada Binário II. As linhas municipais seguirão pela Via Binário do Porto.

Trânsito na região teve nesta quarta o dia mais pesado desde a interdição da Perimetral%3A motoristas estão voltando a trafegar na Zona PortuáriaFabio Gonçalves / Agência O Dia

Segundo o secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório, o transtorno com o fechamento da Rodrigues Alves é inevitável. “Será um grande desafio para o trânsito, mas as reversíveis e a Binário estão aí para reduzir os impactos”, disse.

Entre os motoristas e passageiros de ônibus que passavam ontem pela região, havia falta de informação também. “Nem sabia que a Avenida vai fechar. O trânsito está horrível, as mudanças aqui na Zona Portuária não param. Onde eu vou pegar ônibus agora?”, perguntou Priscila Ferreira, enquanto aguardava um coletivo para Vilar dos Teles, onde mora.

De acordo com Osório, a responsabilidade de informar a população sobre os novos itinerários dos ônibus é das empresas. Para os carros de passeio, serão usados painéis luminosos e agentes de trânsito da prefeitura. “Esse feriado de três dias é ideal para a interdição. Os motoristas terão todas as informações até segunda”, prometeu Osório, reforçando o apelo para que a população use o transporte público e deixe o carro em casa.

Painéis devem indicar fechamento da Rodrigues Alves a partir desta quintaFabio Gonçalves / Agência O Dia

O trecho a ser fechado da Rodrigues Alves vai da Avenida Professor Pereira Reis até a Rua Silvino Montenegro. A reabertura da avenida deverá levar pelo menos dois anos porque a via passará por obras , após a retirada do entulho da Perimetral.

Motoristas voltam a usar o carro e engarrafamentos pioram na região

Como o caos previsto com o fechamento da Perimetral não se verificou, os motoristas estão voltando a passar com seus carros pela Zona Portuária. Nesta quarta-feira, pela manhã, a Avenida Rodrigues Alves teve o trânsito mais pesado desde a interdição do elevado, em 2 de novembro. “Diminuímos o número de carros na primeira semana, mas os motoristas, vendo que não houve transtorno, estão voltando às ruas”, declarou Osório.

Da Rodoviária até a Praça Mauá, o tempo de deslocamento na avenida era de 40 minutos no início por volta das 9h. Na volta para casa, o tráfego fluía melhor e a mesma distância na Rodrigues Alves podia ser percorrida em cerca de 20 minutos.

Os números da concessionária que administra a Ponte Rio-Niterói confirmam. Nesta semana, a redução do número de veículos foi de 3%. Na primeira semana sem Perimetral, a queda foi de 7%. Já as Barcas registraram ontem um aumento de 14% de passageiros em comparação às quartas-feiras anteriores ao fechamento do elevado. Na primeira semana, a alta foi de 28%.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia