Van capota e deixa 17 feridos na Avenida Brasil, em Campo Grande

Três quartéis dos bombeiros socorreram as vítimas, que foram levadas hospitais Albert Schweitzer, Rocha Faria e Pedro II

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Uma van capotou na Avenida Brasil, na altura do Viaduto Oscar Brito, em Campo Grande, na Zona Oeste, e deixou 17 pessoas feridas na manhã desta segunda-feira. O acidente aconteceu na pista sentido Centro. O veículo ainda atingiu um poste após o capotamento.

Bombeiros dos quartéis de Campo Grande, Fundão e Realengo foram acionados para o local e socorreram as vítimas. Elas foram encaminhadas para os hospitais Albert Schweitzer, Rocha Faria e Pedro II, todos na Zona Oeste. Não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Diego A. de Oliveira, de 27 anos, foi socorrido e já liberado. Já Adriano F. de Jesus, 29, Andreia A. Silva, 34, Zilda de S. G. Lobato, 61, Nilza da S. Vargas, 64, Marília M. da Silva, 34, Moacir F. Lima, 36, Francisca F. dos Santos, 47, permanecem em atendimento na unidade. A secretaria não soube informar o estado de saúde delas.

As vítimas Cássia Valéria A. de A. e Silva, de 23 anos, e um menor 16 anos froam atendidos no Hospital Estadual Albert Schweitzer. No Hospital Estadual Pedro II, foram levadas Adriano F. de Jesus, 29, Andreia A. Silva, 34, Zilda de S. G. Lobato, 61, Diego A. de Oliveira, 27, Nilza da S. Vargas, 64, Marília M. da Silva, 34, Moacir F. Lima, 36, Francisca F. dos Santos, 47, foram levados para o Hospital Estadual Pedro II. A Secretaria Estadual de Saúde ainda não informou sobre o estado de saúde dessas vítimas.

Oito vítimas tiveram que esperar por duas horas ainda no acostamento para serem removidas pelos bombeiros. Uma das ambulâncias ficou retida no pátio do Hospital Rocha Faria aguardando equipes médicas liberarem suas macas, atrasando o socorro.

A CET-Rio interditou uma faixa durante o atendimento à ocorrência e já foi liberada. O trânsito apresentou retenção na via.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia