Acidente na Região Portuária para o trânsito nas zonas Sul e Norte do Rio

Colisão entre dois carros na Avenida Francisco Bicalho causou reflexos nas saídas das regiões e também no Centro

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Uma colisão entre dois carros na Avenida Francisco Bicalho, na altura da Quadra da Unidos da Tijuca, na Zona Portuária, causou complicações no trânsito em diversos pontos da cidade na manhã desta segunda-feira. Os reflexos chegaram nas saídas das zona Norte e Sul e também em vias do Centro.

A batida aconteceu na pista sentido Avenida Brasil e os reflexos foram visto na Praça da Bandeira, Radial Oeste e Avenida Marechal Rondon, na pista sentido Centro do Rio. Também havia congestionamento nas avenidas Maracanã, Professor Manuel de Abreu e na Rua Haddock Lobo. Os veículos foram retirados por volta das 8h40.

De acordo com Renan Lemos(@lemosrenan), seguidor de O DIA 24 Horas no Twitter (@odia24horas), o acesso ao Centro foi complicado. "Sai hoje da Freguesia, em Jacarepaguá, às 7h30. São 9h32 e ainda não consegui chegar no trabalho. O acesso à Avenida Presidente Vargas está parado. Levei 30 minutos da Rua São Francisco Xavier até aqui. Estou tentando chegar na Avenida Rio Branco dentro de um ônibus frescão e já gastei 20 minutos e não passei do Sambodromo", relatou.

Quem saía da Zona Sul encontrava lentidão na Lagoa e em Botafogo, por conta do engarrafamento nos túneis Rebouças e Santa Bárbara, assim como nos elevados Paulo de Frontin e 31 de Março. O trânsito ficou lento nas avenida Epitácio Pessoa e Borges de Medeiros, na Lagoa, e nas ruas Humaitá e São Clemente, em Botafogo. No Centro, o congestionamento no 31 de Março já causava reflexos na Avenida Presidente Vargas. 

Ainda não há informações sobre feridos. A CET-Rio e a Porto Novo orientaram o tráfego na região.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia