Prefeitura abre BRT em cima do laço

Transcarioca, que liga o Galeão à Barra, será inaugurado em 1º de junho, 11 dias antes da Copa

Por O Dia

Rio - Faltam 24 dias para a inauguração do BRT Transcarioca, que ligará a Barra da Tijuca ao Aeroporto Internacional do Rio, na Ilha do Governador. A Prefeitura do Rio confirmou ontem que o sistema começa a funcionar em 1º de junho, 11 dias antes da Copa, com uma operação restrita. Durante a competição, serão oferecidos os serviços do Galeão até a Barra, ida e volta, e a integração com o metrô, em Vicente de Carvalho.

A instalação do arco do viaduto do BRT Transcarioca sobre a Avenida Brasil%2C há duas semanas%2C interrompeu o trânsito na via por três diasDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

Pelo menos quatro estações já estão confirmadas para esta fase inicial: Galeão 1 e 2, Vicente de Carvalho e Alvorada. Porém, ainda há expectativa, não confirmada pela prefeitura, de que mais pontos de embarque e desembarque estejam funcionando na Copa.

A Secretaria Municipal de Transportes informou apenas que os detalhes serão divulgados em breve. Quando o Transcarioca estiver funcionando plenamente, o que, segundo a prefeitura, deve ocorrer de três a seis meses após a inauguração, serão abertas 45 estações.

Em Madureira%2C as estações ainda parecem estar longe da conclusãoAndré Mourão / Agência O Dia

O corredor exclusivo para ônibus terá 39 quilômetros de extensão e será o primeiro de alta capacidade no sentido transversal da cidade. Os ônibus articulados do BRT terão ar-condicionado e capacidade para transportar 180 pessoas. A estimativa é de que o sistema atenda a 400 mil passageiros por dia e que as viagens sejam feitas na metade do tempo que levam atualmente pelos ônibus comuns nas ruas e avenidas convencionais.

Além da Barra da Tijuca, Ilha do Governador e Vicente de Carvalho, outros bairros serão beneficiados: Jacarepaguá (Curicica, Taquara, Tanque, Praça Seca), além de parte dos subúrbios de Campinho, Madureira, Vaz Lobo,Vila da Penha, Penha, Olaria e Ramos.

Como mostrou reportagem do DIA, em janeiro deste ano, o então secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório, disse que estava previsto um serviço especial do BRT para o Aeroporto Internacional, com poltronas reclináveis, espaço para bagagem e informações bilíngues para os passageiros.

O Transcarioca, que é um dos compromissos da Prefeitura do Rio para a Copa, custou cerca de R$ 1,7 bilhão. Parte dos veículos do BRT Transcarioca já foram comprados pelo consórcio operador.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas