Governo do Rio apresenta trem que vai circular na Linha 4 do metrô

Composição, a primeira de 15 novas que estão a caminho, tem seis vagões e capacidade para 1.800 passageiros

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - O governo do Estado apresentou, na manhã desta quinta-feira, o primeiro dos 15 novos trens que estão chegando ao Rio para integrar a Linha 4 do metrô, que vai ligar a Barra da Tijuca à Ipanema. A composição tem seis vagões e capacidade para transportar 1.800 passageiros.

O trem possui ar-condicionado, passagem interna entre os vagões, sistema informatizado de comunicação e câmeras de monitoramento. Ela passará por testes durante três meses e depois entrarão em circulação nas linhas 1 e 2, até que a Linha 4 fique pronta. Outras quatro composições já estão a caminho do Brasil e todas as restantes devem chegar ao Rio até dezembro deste ano.

Governador Pezão e secretário estadual de Transportes Carlos Osório participam da apresentação de trem da Linha 4 do metrôDivulgação

Durante a cerimônia apresentação da nova composição, o governador Luiz Fernando Pezão comemorou os empregos gerados pelas obras da Linha 4. De acordo com o secretário estadual de Transporte Carlos Osório, o Tatuzão superou a dificuldade para sair da área de rocha e está na parte arenosa e chega à Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, em março, dando início a mais uma etapa de escavações pelo bairro.Em agosto, ele ao Jardim de Alah; na Praça Antero de Quental até outubro e São Conrado até dezembro.

A previsão é que todas as estações, exceto Gávea, estejam funcionando até junho de 2016. Até dezembro, a estação Gávea deve ficar pronta. A população vai poder visitar o avanço das obras da Rocinha neste fim de semana. Após o Carnaval, a estação na Barra também será aberta.

Parte interna do novo trem que chegou ao Rio e fará parte da Linha 4 do metrôDivulgação

Expansão até o Recreio e outras linhas

Pezão disse que está em negociações com o prefeito Eduardo Paes e tem intenção de fazer expansão da Barra até o Recreio e Jacarepaguá. Outros projeto são a criação das linhas para Gávea-Carioca e Estácio-Carioca-Praça XV.

"As prioridades são as linhas Estácio-Carioca-Praça XV, Gávea-Carioca e a expansão para o Recreio. Até o fim do mandato as licitações devem ficar prontas.

O governador também falou que as discussões para a construção da Linha 3, que vai ligar Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, estão avançadas. Segundo Pezão, até o fim do primeiro trimestre serão conhecidos os prazos para lançamento do edital e possivelmente o início das obras. O edital está atrasado desde agosto do ano passado, porque o governo estuda qual será o melhor modal para utilizar no projeto.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia