Nova rua na Cidade Nova ganha nome de radialista

Via aberta perto do Sambódromo vai homenagear Haroldo de Andrade

Por nicolas.satriano

A via construída em meio ao depósito de carros da Secretaria de Ordem Pública, na Cidade Nova, será batizada como Rua Radialista Haroldo de Andrade. O crivo do prefeito Eduardo Paes será publicado no Diário oficial desta sexta-feira, de acordo com o superintendente da Secretaria de Concessões e Parcerias Público-Privadas, Fabrício Tanure.

Como o DIA informou nesta quinta-feira, as obras — que dividiram o espaço pertencente à prefeitura em duas partes — visam a atender a um centro comercial privado, o REC Sapucaí.

Rua aberta no meio de depósito da SEOPMaíra Coelho / Agência O Dia

Segundo a Secretaria de Ordem Pública, os veículos rebocados no Centro e na Zona Sul passarão a ser levados, até o fim do mês, para um depósito maior, na esquina das Avenidas Pedro II e Francisco Bicalho. Serão 600 vagas, contra as 500 atuais. Segundo a assessoria do prefeito, a existência da via já era prevista no Mapa Cartográfico da cidade e era a extensão da Rua Comandante Maurity, que começa no bairro Santo Cristo. No entanto, nunca havia sido pavimentada e seu espaço foi englobado ao depósito.

“A criação da via tem como objetivo não sobrecarregar a Rua Benedito Hipólito, que deve receber demanda ainda maior de veículos após o REC Sapucaí”, afirmou Tanure. Segundo ele, as intervenções têm sido financiadas por uma parceria com a HSI Investimentos Imobiliários, responsável pelo centro comercial.

A assessoria do prefeito informa que “as obras fazem parte do projeto olímpico”. De certo mesmo, somente a alienação total do terreno público. Dos três imóveis registrados naquele espaço, dois (uma de prefeitura e outro da Previ-Rio) encontram-se em processo de licitação, ao custo de R$ 76 milhões. O outro, também da prefeitura, já foi vendido a um fundo imobiliário.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia