Radar com defeito mostra velocidade errada para motoristas em rodovia

Motoristas estão com medo de serem multados na RJ-104, em São Gonçalo, pois radar acusa velocidade irreal

Por tiago.frederico

Rio - Ao invés de mostrar a real velocidade de veículos que cruzassem a RJ-104, no bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo, um radar instalado no quilômetro 14 da rodovia exibia valores bem maiores que aqueles registrados pelo velocímetro dos carros. O flagrante foi registrado por um leitor no último dia 18 e enviado para o WhastApp do DIA (98762-8248) nesta sexta-feira.

De acordo com o leitor Carlos Alfredo Campos, que trabalha em uma empresa que faz o transporte urbano em São Gonçalo, o radar se tornou um verdadeiro tormento na vida de motoristas que utilizam a rodovia estadual, pois muitos acabam ficando com medo de serem multados ao passarem pelo local, mesmo respeitando a velocidade máxima permitida para o trecho, que é de 60 km/h.

A reportagem entrou em contato com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), responsável pelas rodovias estaduais, que disse ter constatado uma avaria no display do radar causada por "intempérie climática", que nada mais é do que um problema provocado pelas condições do tempo, como chuva, vento, frio, etc.

O DER-RJ enviou uma equipe nesta quinta-feira ao local para substituir o mostrador. Em nota, o órgão esclareceu que, mesmo com o radar exibindo a velocidade dos veículos errada, "o que determina a autuação da infração por ventura cometida é o equipamento fiscalizador, que se encontra em perfeitas condições e aferido pelo Inmetro conforme legislação vigente".

Ainda de acordo com o DERJ-RJ, motoristas que tenham sido notificados naquele trecho da RJ-104 a partir do dia 18 de julho, data em que foi constatada a avaria, poderão comparecer ao Setor de Multas do órgão que a penalidade será automaticamente cancelada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia