Manifestação interdita via no Centro do Rio

Protesto seria contra os cortes no orçamento da educação federal

Por luis.araujo

Rio - Uma manifestção interdita a Avenida Rio Branco, a partir da Avenida Presidente Vargas, Centro do Rio, na tarde desta quinta-feira. De acordo com as primeiras informações o ato seria contra os cortes no orçamento da educação. Os manifestantes pedem o fim do ajuste fiscal do governo Dilma e investimentos nas universidades públicas federais, que estão em greve desde maio. Policiais militares acompanham o protesto que segue pacífico e a CET-Rio também trabalha na região.

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, por volta de 17h50 estava interditada a Avenida Rio Branco, a partir da Avenida Presidente Vargas. Há retenção na Av. Presidente Vargas, sentido Candelária, desde o Campo de Santana e informam que os motoristas devem optar pela Avenida Passos. Segundo a assessoria da PM, policiais do 5º BPM (Praça da Harmonia) acompanha o protesto que saiu da Candelária sentido Cinelândia.

Por volta de 19h10 o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, informou que estava liberado o trânsito na Av. Rio Branco, a partir da Av. Presidente Vargas. Também está totalmente liberada ao tráfego a pista lateral da Av. Presidente Vargas, sentido Candelária, que tinha bloqueio a partir da Av. Passos. O trânsito segue lento na região.

Neste momento o trânsito na Avenida Presidente Vargas%2C na altura da Uruguaiana é lentoCentro de Operações Rio / Divulgação


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia