Morte na Linha Vermelha complica trânsito na saída do Túnel Rebouças

Segundo os bombeiros, motorista sofreu mal súbito quando seguia em carro na pista sentido Baixada Fluminense

Por tiago.frederico

Rio - Um homem sofreu mal súbito e morreu, na Linha Vermelha, altura do Caju, Zona Norte do Rio, na manhã desta terça-feira. Ele dirigia um carro de passeio que seguia na pista sentido Baixada Fluminense. Segundo os bombeiros, militares do quartel da região foram encaminhados para o local, porém, a vítima, de aproximadamente 57 anos, já foi encontrada morta.

Segundo a PM, policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) isolaram o local que foi periciado. O corpo foi removido e encaminhado para o Instituto Médico Legal. O caso foi encaminhado para a 17ª DP (São Cristóvão). De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava sozinha no veículo quando passou mal e morreu.

De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura, o acidente interditou uma faixa da via expressa e complicou o trânsito na saída do Túnel Rebouças, sentido Zona Norte. Houve lentidão na Linha Vermelha, sentido Baixada, entre São Cristóvão e o Caju; ao longo do Elevado Professor Engenheiro Rufino de Almeida Pizarro, sentido Linha Vermelha; e do Elevado Paulo de Frontin, sentido Linha Vermelha, a partir da altura da Rua do Bispo, no Rio Comprido.

Como rota alternativa para seguir da Zona Sul para o Centro, o órgão divulgou algumas opções. Motoristas tanto podiam usar o túnel Santa Bárbara quanto optar pelo Aterro do Flamengo. Havia também a possibilidade de seguirem pela Praia do Flamengo e Avenida Beira-Mar ou utilizarem o trajeto da Rua Senador Vergueiro, Rua do Catete e Avenida Augusto Severo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia