Rua em Rio das Pedras afunda e parte dos moradores fica sem energia

Problema começou na madrugada de domingo e, de acordo com a Light, a Prefeitura e a Defesa Civil já foram informados

Por tiago.frederico

Rio - O solo afundou na Rua Espada de São Jorge, no Areal, em Rio das Pedras, comunidade da região de Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Em função disso, segundo a Light, o fornecimento de energia para parte dos clientes daquela localidade será interrompido na manhã desta quinta-feira.

O desligamento emergencial ocorre para que a empresa retire a fiação desta rua, já que a rede elétrica ficou comprometida. Os postes foram ancorados por medida de segurança. Em nota, a Light pediu que a população não fique embaixo de postes e transformadores de energia no local. Ainda que a energia esteja desligada, a medida visa evitar choques elétricos.

Para realizar o serviço de retirada da rede, a Light precisa que um caminhão de grande porte tenha acesso ao local. No entanto, como a rua está afundando, a empresa disse que, no momento, não há condições dele ser feito. "A Light já está em contato com a Prefeitura do Rio de Janeiro e com a Defesa Civil para que um aterramento seja feito, permitindo a entrada do veículo e o início dos trabalhos de retirada de transformadores, postes e fiação", afirmou, em comunicado.

Ainda de acordo com a empresa, uma rede elétrica paralela está sendo construída, em rua próxima, onde há condição de solo mais firme, para suprir energia aos clientes desligados durante todo o trabalho no local. Os primeiros efeitos do afundamento do solo no local foram percebidos na madrugada de domingo, quando a Light verificou um poste inclinado na Rua Espada de São Jorge. "Não fosse a agilidade da empresa, toda a comunidade de Rio das Pedras teria o fornecimento interrompido", acrescentou a empresa, em nota.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia