Armazém do Pereira oferece caldos, petiscos, carnes e opções musicais

Estabelecimento fica em Nilópolis. A especialidade da casa é a Picanha do Pereira

Por julia.amin

Rio - Oficialmente, o inverno no Brasil começou há pouco mais de um mês. Mas o clima só esfriou de verdade nos últimos dias, quando termômetros marcaram temperaturas próximas aos 10º.

Em Nilópolis, o Armazém do Pereira (Rua Darci Vargas 157, Centro) é opção para quem quer se manter aquecido. Todas as quintas-feiras, o restaurante oferece o Festival de Caldos, com variedades como o de camarão, de feijão mexicano, de ervilha e de mocotó, por R$ 5,90 cada um.

Aos domingos%2C mesas e cadeiras da parte central do Armazém são retiradas para receber a roda de samba. O evento reúne centenas de pessoasAlexandre Vieira / Agência O Dia


Para aquecer ainda mais, a casa conta com uma adega com vinhos de seis nacionalidades. “Às quintas-feiras, o cliente tem 25% de desconto na compra de um dos nossos vinhos”, conta Adriana Pereira, uma das donas do Armazém de Nilópolis.

A especialidade da casa, no entanto, é a Picanha do Pereira. Servida na chapa, ela é acompanhada por feijão, arroz, batatas fritas, farofa e molho a campanha. Segundo a dona do estabelecimento, o prato, que serve até quatro pessoas, custa R$ 76,90.

O Armazém do Pereira é procurado também por aqueles que querem comer petiscos. Se o grupo de pessoas for grande e com gostos variados, Adriana sugere o Mix do Pereira. Ele inclui em uma mesma travessa cinco diferentes petiscos: filé acebolado, camarão, isca de frango, aipim frito com linguiça acebolada e linguiça mineira.

A travessa sai a R$ 39,90 e, segundo Adriana, serve bem a quatro pessoas. “Cada um pode comer o que gosta mais, sem ter que pedir petiscos individualmente”, diz.
Para atrair mais clientes, a casa tem uma promoção especial. Aniversariantes e pessoas que tenham Pereira no sobrenome têm 5% de desconto. Basta apresentar um documento comprovando.

Samba, MPB, futebol e chope no cardápio

Todos os domingos, a partir das 19h, o Armazém do Pereira abriga uma grande roda de samba com o grupo Banguelê. Nas sextas-feiras e sábados, o público curte música ao vivo a partir das 21h. No repertório, sucessos da MPB, do pop, do samba e dos anos 1980.
Às quartas-feiras, a casa se vive o clima de uma arquibancada de estádio de futebol. Adriana Pereira explica que as pessoas se reúnem para acompanhar, pela TV, os jogos de seus times.
Esse dia também reserva uma promoção para os clientes torcedores. “É dia de dose dupla de chope. Cada um sai por R$ 2”, conta.
O Armazém do Pereira funciona de terça-feira a domingo, sempre a partir do meio-dia. A casa comporta até 300 pessoas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia