O DIA no Grande Rio: Bancas na mira

Jornaleiros de Nova Iguaçu são obrigados a trocar estabelecimentos por exigência da prefeitura

Por thiago.antunes

Rio - Jornaleiros de Nova Iguaçu estão sendo obrigados a trocar bancas para atender exigências da prefeitura, que estipulou tamanhos máximos para as colocadas em calçadas, travessas e praças. Elas podem variar de 1m por 2m a 1m por 2,5m.

O critério, explica Luiz Antunes, secretário municipal de Defesa Civil e Ordem Urbana, é permitir o trânsito livre de pedestres. Um dos que tiveram que fazer a troca foi Fabiano de Souza, que trabalha na Rua Coronel Francisco Soares, no Centro. Ele gastou R$ 8 mil para mudar sua banca, que tinha 2m por 3m, por uma menor, de 1m por 2m.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia