Por clarissa.sardenberg

Rio - O trabalho por conta própria tem atraído cada vez mais pequenos empresários na Baixada Fluminense. Pelo menos 20 mil novos empreendedores legalizados surgem a cada ano na região, e atualmente há em torno de 98 mil, segundo o Sebrae. Os setores de beleza, gastronomia e construção civil são os que mais geram empresas.

De acordo com o coordenador regional do Sebrae, Décio Lima, o mercado acena para um crescimento de novas empresas como bares, restaurantes, lanchonetes e salões de beleza. “Há muitas oportunidades. Até o fim do ano, o número de empreendedores deve ultrapassar 120 mil”, calcula.

Cada microempreendedor individual só deve ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria. Para que continue sendo um microempreendedor, ele só pode faturar no máximo R$ 60 mil por ano.

Dois mil sacolés são fabricados em uma hora. Empresa começou pequena e atualmente sustenta toda a famíliaDivulgação

Há oito anos, o microempreendedor Adalberto Gonçalves Teixeira, o ‘Lula’, de 44 anos, inaugurava no quintal de sua casa, no bairro Carolina, em Duque de Caxias, sua fábrica de sacolés ‘Suculé, Sabor & Saúde’.

O que no início não passou de um investimento arriscado — onde fabricava diariamente três mil unidades embaladas num saquinho — logo se tornou sustento de toda a família. Atualmente, ele produz dois mil sorvetes em apenas uma hora. O produto é vendido aos fins de semana nas praias da Barra da Tijuca, Recreio, Reserva e Copacabana.

“Começamos num espaço pequeno. Hoje, com seis funcionários, quatro deles filhos, mas todos da família, fazemos sucesso com nosso suco no saquinho. Num fim de semana, chegamos a vender oito mil sacolés nas praias”, comemora.

“Tinha um sócio, mas decidi ter meu próprio negócio”, ressalta Lula. Nas praias do Rio, o geladão custa R$ 5, e direto da fábrica, R$ 3.

“Queremos tornar nossa fábrica uma referência em sacolés na Baixada, pois meu produto tem o ‘padrão Fifa de qualidade’”, afirma Lula. O geladinho também pode ser entregue em casa ( 97311-4706).

Você pode gostar