Nilópolis completa 67 anos quinta-feira e as comemorações só terminam dia 31

Inaugurações, eventos culturais, esportivos e musicais farão parte da programação. Cidade está em clima de festa

Por ramon.tadeu

Rio - O clima de festa já tomou conta de Nilópolis, que completa 67 anos na quinta-feira.Quem passa pelo Centro já pode ver a megaestrutura montada no Parque de Eventos, que contará com uma programação gratuita e recheada de eventos culturais, esportivos e musicais em mais nove dias de festejo.

Grandes nomes da música foram escalados para se apresentar em dois dias. Hoje, quem sobe ao palco é a banda de pop e rock Roupa Nova, que se apresenta às 19h no Parque de Eventos. E na quinta-feira — dia em que é celebrada a emancipação do município — o show ficará por conta do cantor gospel André Valadão. Mas as comemorações não param por aí. (Confira a agenda no quadro abaixo).

Nilópolis, que conta com cerca de 157 mil habitantes, recebeu nas primeiras décadas do Século 20 muitos imigrantes, principalmente de origem judaica. O comerciante Aaron Chanan, de 72 anos, é descendente de uma da 300 famílias judias que se instalaram na região em 1920.

Morador da pequena comunidade judaica no bairro de Olinda desde criança, Aaron se alegra pelos 67 anos que o município completa este mês. “Minha história foi construída nessa cidade e saber que faço parte do progresso é uma felicidade sem preço. Agradeço a Deus por ainda estar vivo para ver mais um ano de vida da cidade”, festeja.

Um pouco de história

Em 1531, a localidade fez parte da capitania hereditária de São Vicente, que pertenceu a Martin Afonso de Souza. Logo depois, dividiu-se em sesmarias (terras cedidas por Portugal) e grande parte foi doada a Braz Cubas. Além de Nilópolis, faziam parte São João de Meriti, Nova Iguaçu e Duque Caxias.

Vocação econômica para comércio

A cidade, devido ao seu pequeno tamanho — área de 19,16 quilômetros quadrados — tem como principal atividade econômica o comércio e a prestação de serviços. Lá está a Beija-Flor, campeã 12 vezes do Carnaval carioca e a maior vencedora da era Sambódromo, com sete títulos.

O comerciante Aaron Chanan, que tem uma marcenaria no Centro, diz que as vendas vão aumentar com as comemorações do aniversário. “A cidade fica lotada por causa dos shows. Certamente vou vender mais”, aposta Aaron, que vai ao show do André Valadão.

Nilópolis comemora seus 67 anos com mais nove dias de festaArte%3A O Dia


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia