A saúde começa com o cuidado dos dentes

OdontoSesc, com unidade móvel, chega a Nilópolis dia 27 e prevê 500 atendimentos diários

Por marcelle.abreu

A saúde começa pela boca. Apesar desta frase clichê, muitas pessoas ainda não têm acompanhamento odontológico adequado. Segundo a Associação Brasileira de Odontologia, 27 milhões de brasileiros nunca foram ao dentista e 90% da população tem cáries.Um dos motivos para essa baixa procura é a condição financeira da família, que responde por 20% dos casos da não procura ao especialista.

Profissionais da OdontoSesc vão atender de segunda à sexta%2C durante três meses%2C Vila Olímpica de NilópolisDivulgação

Para melhorar estes números, no próximo dia 27 de outubro, a unidade móvel do Sesc atenderá durante três meses pacientes que procuram tratamentos odontológicos, na Vila Olímpica de Nilópolis, na Baixada Fluminense, a partir das 9h.O OdontoSesc acontece desde 2001 no Rio de Janeiro e atende pessoas com renda mínima de até três salários mínimos, com tratamentos gratuitos como remoção de tártaro, polimento, radiografias dentárias, escovação e fluoretação, além de obturação e extração caso necessário, após avaliação.

Para a coordenadora do Odontosesc, Taís Feris, a unidade móvel não tem apenas a função curativa, mas de levar educação e saúde aos menos favorecidos. “A proposta do Odontosesc é de levar educação e saúde para as comunidades. Não é um trabalho meramente curativo é um trabalho de educação e saúde”, explicou.
Segundo Taís, cerca de 500 pessoas são atendidas pela OdontoSesc por semana e no dia da inauguração, esse número triplica. Há um estudo prévio para a escolha dos locais.” É feito um estudo do índice de desenvolvimento humano, do acesso aos cuidados de saúde e de como a saúde pública atende essa população. Fora isso, nós precisamos ter parceria da Prefeitura e Secretaria da Saúde”, analisou.

Consultas a preço popular

O projeto Pró-Saúde, iniciado em 2006 na Unigranrio de Duque de Caxias em parceria com o Governo do Estado, vem ganhando espaço entre a população do Rio de Janeiro. A intenção era atender apenas a comunidade ao redor com tratamentos odontológicos, mas o serviço já foi expandido para pacientes de todo o estado. Essa iniciativa conta com a implantação de clínicas em unidades de saúde e hospitais de outras cidades, como Campo Grande, Itaboraí, Rio de Janeiro e Marechal Hermes, por exemplo.

Atualmente, a Unigranrio é quem arca com as despesas da sua unidade de atendimento. O paciente de ve procurar a universidade para um atendimento primário e o serviço oferecido inclui a obturação, canal, raspagem e extração dos sisos com valores entre R$ 25 e R$ 70. A Unigranrio fica na rua José de Souza Herdy 1160, Jardim Vinte e Cinco de Agosto, Duque de Caxias.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia