Empresas de olho nas Olimpíadas

Projeto que capacita fornecedores para vender produtos para os Jogos chega a Itaboraí

Por thiago.antunes

Rio - Empresários de Itaboraí podem se tornar fornecedores de produtos para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. O projeto “Sebrae no Pódio”, que já acontece em vários municípios do estado, chega hoje ao município e vai reunir potenciais interessados às 10h, no Esporte Clube Comercial. A iniciativa conta com apoio da prefeitura da cidade, que está cadastrando e convocando proprietários de micro e pequenas empresas. Segundo o coordenador do Sebrae no Pódio, Francisco Marins, R$ 300 milhões estão destinados às micro e pequenas empresas, para a aquisição de cerca de 550 itens.

“Temos boas produções de flores, cerâmica e da indústria têxtil. Tenho certeza de que esse evento servirá para fazer com que Itaboraí também suba no pódio. É uma excelente oportunidade de negócios para os nossos empreendedores que, além de lucrar, ganharão muita visibilidade”, disse Luiz Fernando Guimarães, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Integração com o Comperj.

Várias cidades do estado já receberam as palestras do Sebrae no PódioDivulgação

O Sebrae vai capacitar os empresários, a pedido do Comitê Olímpico Internacional (COI). Ao fim do processo, além de participarem de Portal de Suprimentos da Rio 2016, eles receberão um certificado que os tornarão aptos a trabalhar com o mercado internacional.

A contratação ficará a cargo do Comitê Olímpico Rio 2016, que é a entidade responsável pela infraestrutura e organização dos Jogos Olímpicos. Segundo o Sebrae, que concederá gratuitamente o benefício, esse selo custaria em torno de R$ 4 mil no mercado. Os principais setores demandados pelo projeto são barcos de apoio, brindes, cabeamento elétrico, confecção de uniformes, construção civil, design de interiores e decoração, equipamentos de segurança, gráficas, lavanderia, móveis, produção audiovisual e software.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia