MPF realiza inspeção na estrada Paraty-Cunha

Justiça Federal e outros órgãos públicos também verificam modificações nas obras

Por vinicius.amparo

Rio - O Ministério Público Federal (MPF) em Angra dos Reis (RJ) realizou na última semana, uma inspeção na estrada Paraty-Cunha em conjunto com a Justiça Federal, ICMBio, Ibama, DER, Seobras, Uerj, Prefeituras de Paraty e Cunha. A inspeção teve como objetivo verificar as modificações decorrentes das obras na estrada, bem como esclarecer dúvidas sobre o licenciamento ambiental do projeto.

Para a procuradora da República Monique Cheker, “ficou evidente que as obras são realizadas além do leito original da estrada, caindo por terra o argumento do Ibama de inexistência de significativos impactos ambientais. Além do mais, foi demonstrado concretamente ao Poder Judiciário que as obras ocasionaram supressão de vegetação secundária em estágio avançado de regeneração, o que exigiria a realização do EIA/Rima”.

No decorrer da inspeção, foram verificados ainda diversos animais invertebrados que teriam sido esmagados por veículos com o atual uso descontrolado da estrada. “O MPF receberá nos próximos dias um laudo sobre tais incidentes e irá requerer imediato monitoramento do tráfego”, antecipa a procuradora.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia