Mais Lidas

Resende ganha complexo de educação

CVT e Polo de Educação a Distância vão qualificar 1,7 mil pessoas por ano

Por rosayne.macedo

Rio - Resende, na região do Médio Paraíba, ganhou neste sábado um Centro Vocacional Tecnológico (CVTs). O centro de formação da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) - vinculada à Secretaria de Ciência e Tecnologia - vai oferecer cursos gratuitos com duração entre 12 e 20 semanas. 

A cidade também recebeu o Polo de Educação à Distância (PED), com oito laboratórios para aulas práticas, uma quadra esportiva e uma área para convivência acadêmica. O PED forma com o CVT do município um complexo educacional, que conta ainda com Centro de Educação de Jovens e Adultos, com capacidade para formar 1,1 mil estudantes, e o Pré-Vestibular Social e Municipal, que atende a cerca de 400 alunos da região.

"Este espaço se tornou uma grande cidade da educação. No local, os moradores da região podem chegar no Ensino Médio e fazer uma faculdade. Temos que usar este modelo em toda a nossa rede", disse o governador Luiz Fernando Pezão.

O CVT de Resende recebeu investimento de R$ 3,9 milhões e contará com 18 cursos para capacitar 1,7 mil profissionais por ano. A unidade vai atender a demanda da região com qualificações nas áreas de Computação e Construção Civil, além de aulas de Inglês e Espanhol e os cursos técnicos de Administração e Logística, destinados a quem já possui o Ensino Médio.

"Além de inaugurar um CVT e um polo a distância, o Estado prevê a entrega de mais oito unidades - entre CVTs e Faeterjs (Faculdade de Educação Tecnológica) - no próximo ano", disse o secretário de Ciência e Tecnologia, Tande Vieira.

Polo de Educação a Distância

O Polo de Educação a Distância, administrado pelo Fundação Cecierj/ Consórcio Cederj, deve atender aproximadamente 2,5 mil alunos no primeiro semestre de 2015. Serão oferecidos oito cursos de graduação nas áreas de Administração e Turismo (Ufrrj); História (UniRio); Matemática e Tecnologia em Segurança Pública (Uff); Ciências Biológicas e Pedagogia (Uerj) e Engenharia da Produção (CEFET).

Moradora de Resende, Beatriz Ribeiro, de 18 anos, comemorou a instalação do novo polo. Ela já cursa História a distância. "Estudar no polo me faz ter qualidade de ensino, flexibilidade de horário e a chance de continuar morando em Resende, perto da minha família", disse a estudante.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia