Beneficiários de Tarifa Social devem se recadastrar em São Gonçalo

Procedimento é obrigatório para as pessoas que não o realizaram nos últimos dois anos

Por eduardo.oliveira

Rio - Os beneficiários da Tarifa Social da concessionária Ampla devem fazer o recadastramento do CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal). O procedimento é obrigatório para as pessoas que não o realizaram nos últimos dois anos. A secretaria de Desenvolvimento Social vem seguindo as recomendações do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), onde as famílias que não atualizarem os dados poderão ter os benefícios do programa bloqueados.

A secretária da pasta, Ana Cristina da Silva, esclarece que o MDS tem enviado mensagens nos extratos de pagamento da Caixa Econômica Federal orientando as famílias da revisão cadastral a procurarem o setor responsável pelo Cadastro Único no município.

“O objetivo do recadastramento é verificar se as famílias beneficiadas dos programas do Governo Federal ainda atendem às regras, garantindo que as informações cadastrais estejam sempre de acordo com a sua realidade”, afirmou a secretária, acrescentando que é feito acompanhamento periódico da Caderneta da Família, onde todos os dados do beneficiário e de sua família estão cadastrados.

Para fazer a atualização é necessário que o titular do cartão apresente o documento de identidade, CPF ou título de eleitor e o comprovante de endereço atualizado. Para crianças e adolescente com idade inferior a 18 anos é preciso da certidão de nascimento, declaração escolar dos últimos três meses para as idades de 06 a 17 anos e para as crianças de 0 a 7 anos incompleto é indispensável a apresentação do cartão de vacinação em dia. Para os demais membros da família maiores de idade, qualquer documentação nacional como carteira de trabalho (obrigatório para quem trabalha de carteira assinada), certidão de nascimento ou casamento, CPF e título de eleitor.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia