Moradores de bairro de São Gonçalo reclamam de contaminação da água

Esgoto seria a causa da revolta. Cedae afirma que em mais de 98% dos casos de contaminação, problema ocorre no sistema interno dos imóveis

Por eduardo.oliveira

Rio - Cerca de dez moradores do bairro Rosane, em São Gonçalo, região Metropolitana, relataram estar com sua água totalmente contaminada por esgoto durante cinco dias. Segundo eles, várias ligações já foram feitas para reclamar, mas disseram não terem recebido retorno da Cedae - empresa responsável pelo abastecimento.

Uma moradora que não quis se identificar disse que não consegue utilizar o líquido para nada em casa, pois a mesma chega da cor marrom e com cheiro de esgoto. "Como que a gente pode fazer as coisas dentro de casa com uma água dessa qualidade? Não consigo fazer comida, tomar banho, beber nem pensar. E cadê a Cedae que não aparece nessas horas", disse.

Em nota a Cedae, afirmou que em mais de 98% dos casos de contaminação, o problema ocorre no sistema interno dos imóveis, geralmente devido à falta de limpeza frequente das caixas d'água ou cisternas (que devem ser lavadas no mínimo a cada semestre). A companhia disse ainda que enviaria os laboratórios móveis para fazer a análise da água ainda nesta terça-feira (10).

*Reportagem Vinícius Amparo

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia