MPF em Movimento debate direitos sociais em Barra Mansa

Criação do projeto visava a necessidade de esclarecer o papel do MPF à população e de abrir canais de diálogo com a sociedade civil

Por eduardo.oliveira

Rio - O Ministério Público Federal (MPF) em Volta Redonda promove, no dia 18 de março, às 19h, audiência pública com o tema "A Luta pelos Direitos Sociais em Barra Mansa" para debater com autoridades públicas, entidades particulares, movimentos sociais e cidadãos sobre as demandas sociais do município. A convocação da audiência é resultado do projeto MPF em Movimento, que busca a aproximação da instituição com a sociedade a fim de garantir a conscientização de direitos e articulação com demais entidades públicas para melhorar a prestação de serviços públicos.

O evento vai acontecer no Plenário Barão de Guapy, antiga sede da Câmara Municipal, em Barra Mansa, localizado na Praça da Bandeira, sem número, no Centro. Para participar da audiência, basta fazer inscrição prévia pelo e-mail prrj-gab-jaraujo@mpf.mp.br ou pelo telefone (24) 3344-8821, informando nome completo, entidade ou órgão público eventualmente vinculado e manifestando interesse em participar dos debates. Aqueles que não puderem confirmar presença, poderão participar também, caso haja disponibilidade de espaço no local.

A criação do projeto foi visando a necessidade de esclarecer o papel do MPF à população e de abrir canais de diálogo com a sociedade civil, criando-se vínculos sociais e institucionais com as comunidades. Em outubro do ano passado, o MPF realizou reunião inaugural do projeto MPF em Movimento, em Volta Redonda, que contou com a participação de mais de 120 pessoas, além da presença de representantes de mais de 30 movimentos e associações.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia