Caravana do leitor, do livro e do autor

Projeto começa nesta sexta-feira com o objetivo de alcançar 4 mil crianças no estado

Por O Dia

Raimundo Moreira está à frente do projeto
Raimundo Moreira está à frente do projeto -

P ensando em estimular o hábito e o gosto pela leitura, começa nesta sexta-feira o projeto "Caravana da Leitura e do Autor Fluminense". Através de lives, a iniciativa pretende alcançar até 4 mil alunos da rede pública das cidades de Niterói, São Gonçalo, Maricá, Duque de Caxias e Angra dos Reis na primeira quinzena deste mês.

O projeto vai desenvolver estratégias de democratização do acesso à leitura e ao livro, e estimular o contato com escritores, através da internet. As atividades serão direcionadas a dez escolas municipais e pretendem causar impacto social em cerca 4 mil crianças com idades entre 7 a 14 anos, todas alunas da rede pública de ensino.

O coordenador-geral da Caravana, Raimundo Moreira, é também ator e contador de histórias, e conta que dedicou parte da sua vida ao incentivo à leitura. Há sete anos, ele está à frente do projeto, a partir do Ceará.

"Tenho uma parte da minha vida dedicada à educação e projetos de incentivo a leitura. Isso me impulsiona a pensar como ampliar as crianças leitoras. Democratizar o acesso à leitura e ao livro deveria ser a meta de todo processo educativo, é por isso que o Caravana é tão impactante, ele faz o mínimo que deveria ser feito em todo o processo de aprendizado da criança", afirmou Raimundo.

Para impactar positivamente as crianças, o projeto não podia deixar incluir as crianças portadoras de necessidades especiais. Para elas, serão utilizados recursos como audiolivros, intérpretes de libras nas transmissões ao vivo e materiais legendados. A desigualdade social e a dificuldade do acesso à internet também preocupam o coordenador-geral da Caravana.

"Nós temos uma equipe pensando em como chegar nessa crianças, sabendo que a gente tem uma enorme tarefa, que é a desigualdade social e os excluídos digitais, tanto que de 10 a 15% do projeto vai tentar alcançar de forma física, os alunos que não têm acesso a internet. Algumas atividades serão impressas e entregues às crianças", explicou Raimundo, que tem traçado estratégias para despertar a atenção das crianças.

Galeria de Fotos

Raimundo Moreira está à frente do projeto Divulgação
Lúcia Fidalgo Divulgação
Júlio Emílio Braz está entre os prestigiados autores brasileiros que formam a caravana Divulgação
Bia Bedran será atração do projeto em Angra, dia 9 Divulgação
Bia Bedran Divulgação
Bia Bedran Divulgação

Comentários

Últimas de O Dia Niterói