Enel amplia agendamento e atendimento presencial

Mais de 30 cidades serão beneficiadas para suprir a demanda dos clientes

Por O Dia

Furto de energia, o popular
Furto de energia, o popular "gato", é campeão em São Gonçalo: é comum os técnicos se depararem com relógios corrompidos na cidade -

A Enel ampliou o serviço de agendamento prévio em 32 cidades do Rio e a capacidade de atendimento em lojas da área de concessão em outros oito municípios. A medida pretende suprir a demanda dos clientes e oferecer mais possibilidades para o contato, dentro das normas de proteção contra a covid-19.

O agendamento pode ser feito pelo site www.enel.com.br, pela Central de Relacionamento (0800 28 00 120), nas próprias lojas ou por meio do WhatsApp (21 99601-9608). Nessa modalidade de atendimento, é possível escolher data, horário e endereço em que deseja ser atendido.

Entre os contemplados com o serviço estão os municípios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, Angra dos Reis, Araruama, Arraial Do Cabo, Bom Jardim, Bom Jesus do Itabapoana, Búzios, Cabo Frio, Cantagalo, Cordeiro, Iguaba, Itaocara, Itaperuna, Macaé, Magé, Miracema, Muriqui, Paraty, Petrópolis, Quissamã, Resende, Rio Bonito, Rio Das Ostras, Santo Antônio de Pádua, São Fidelis, São Pedro da Aldeia, Saquarema, Saracuruna e Tanguá.

Já o aumento da capacidade de atendimento presencial é voltado apenas para Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Angra dos Reis, Cabo Frio, Magé, Petrópolis e Rio das Ostras. De acordo com o responsável pelo Atendimento do Cliente da Distribuidora, José Eduardo Tovar, o agendamento prévio melhora em mais de 100% a capacidade de atendimento.

"O processo de agendamento representa maior comodidade para os consumidores, segurança para todos, além de um incremento de 144% na capacidade de atendimento desde que iniciamos o serviço de agendamento no final de agosto."

Mesmo cumprindo todas as medidas contra a disseminação do vírus estipuladas pelos decretos oficiais para retomada de serviços essenciais, a companhia pede aos consumidores que priorizem os canais digitais de atendimento. A Enel também conta com um aplicativo, disponível gratuitamente para Android e iOS.

São Gonçalo é campeã em "gatos"

Um balanço da Enel Distribuição Rio apontou São Gonçalo como o município onde há o maior índice de furto de energia do primeiro semestre de 2020, entre as cidades atendidas pela Companhia, sendo responsável por 39% dos furtos. De toda energia distribuída a São Gonçalo, quase 40% é perdida por conta dos chamados "gatos".

Logo atrás estão Itaboraí (32%), Duque de Caxias (31%), Araruama (28%), Magé (25%), Campos dos Goytacazes (24%) e Maricá (23%). Para combater a prática, a Enel vai realizar inspeções constantes e operações conjuntas com as polícias Civil e Militar. Entre janeiro e junho deste ano, foram feitas 64 ações com as Corporações, em 23 cidades onde a Companhia opera.

Segundo a Enel, o gato prejudica a qualidade de fornecimento do serviço e impacta o valor da tarifa de energia. "A ligação clandestina na rede elétrica, além de ser crime, com pena prevista de 1 a 8 anos de reclusão, afeta diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põe em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica", explica o responsável por Operações Comerciais da Enel, Ricardo Martins.

Denúncias sobre o crime em municípios abastecidos pela Enel podem ser feitas através do site www.eneldistribuicao.com.br/rj ou pelo aplicativo Enel Rio. O anonimato é garantido.

Operação Energia Legal tem apoio da Polícia Civil

Desde o início da semana e até a sexta-feira, a Enel realiza a operação Energia Legal com apoio da Polícia Civil, nas localidades de Ajuda de Baixo, Engenho da Praia, Jardim Carioca I e II, Jardim Esperança; Jardim Franco; Parque Aeroporto e São José do Barreto, em Macaé. Com a atuação de cerca de 60 colaboradores da companhia, a ação pretende combater o furto de energia, conhecido como "gato".

Durante a operação, os moradores de Macaé terão acesso a ações da Enel, em uma unidade móvel que percorrerá alguns pontos dos bairros ao longo da semana, e poderão solicitar vários serviços.

A companhia vai orientar sobre o combate ao novo coronavírus e distribuirá cerca de 250 máscaras artesanais, que foram confeccionadas por grupos produtivos de São Gonçalo e Niterói, por meio do projeto Enel Compartilha Empreendedorismo. A distribuidora vai dar dicas de segurança e de consumo consciente de energia, informações e atendimento para o cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica (Baixa Renda) - programa do Governo Federal que oferece descontos na conta de energia.

O cliente também poderá efetuar o cadastro para ser contemplado com troca de geladeiras e efetuar a troca de lâmpadas incandescentes e/ou fluorescentes por até duas lâmpadas de LED. Nas quatro edições do projeto Energia Legal, a Enel identificou furto de energia em 2.120 clientes, sendo 1.800 residências e 320 comércios de quatro cidades da área de concessão da empresa.

Renegociação de dívidas

A Enel lançou uma campanha online com condições especiais para o cliente negociar sua dívida com a companhia. Até o final de setembro, os clientes poderão parcelar as contas em atraso em até dez vezes (Entrada + 9 parcelas) na própria fatura, sem cobrança de juros de financiamento. O parcelamento poderá ser realizado por meio do Aplicativo Enel Rio, que pode ser baixado gratuitamente, ou pelo Portal de Negociação, no site da empresa

Galeria de Fotos

Furto de energia, o popular "gato", é campeão em São Gonçalo: é comum os técnicos se depararem com relógios corrompidos na cidade Divulgação/Enel
Furto de energia (gato) Enel Divulgação/ Enel

Comentários