Exposição em São Gonçalo alerta sobre crise hídrica

Público pode conferir imagens até janeiro

Por O Dia

Flagra do fotógrafo Estefan Radovicz
Flagra do fotógrafo Estefan Radovicz -

Com o objetivo de unir lazer, cultura e conscientização ambiental em um só lugar, a exposição "Água: da abundância à escassez" está acontecendo nas dependências do Mirante de Contemplação Professor Elmo da Silva Amador, no Centro de Tradições Nordestinas, em Neves, e fica aberta até o dia 10 de janeiro de 2021. A iniciativa conta com parceria do Museu do Amanhã, Observatório da Baía de Guanabara e Projeto Colabora.

A exposição fotográfica retrata a questão hídrica no Brasil, no Estado do Rio de Janeiro e na Baía de Guanabara. Ela foi criada para acompanhar o Seminário Crise Hídrica no Brasil, em 2016, com objetivo de refletir sobre os problemas que envolvem poluição de mananciais, impactos das mudanças climáticas e a importância dos modos de consumo deste bem precioso, conscientizando sobre o desperdício da água.

A mostra reúne 10 painéis de 2,5 metros por 1,2 metros, com 26 fotos de 12 artistas. Passados quase 5 anos, os temas abordados continuam atualíssimos, por isso a exposição será a primeira de uma série programada para acontecer no Mirante. A exposição é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de São Gonçalo, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente/Setor de Áreas Verdes e da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura.

"Na parte que nos cabe, a fotografia, evidenciamos os problemas socioambientais", conta o supervisor da mostra, Custodio Coimbra, um dos principais da imprensa brasileira. "A exposição serve para dar um alerta: que as pessoas tomem conhecimento do problema e comecem a cuidar. Na medida que você tem essa atenção sobre este assunto, você passa a agir. Então a nossa ideia é que as pessoas que venham ver essa exposição percebam e passem a cuidar do meio ambiente", explica Custodio Coimbra.

Para o biólogo e subsecretário de Meio Ambiente, Glaucio Teixeira Brandão, "essa iniciativa proporcionará ao espectador um questionamento acerca de sua relação com a água".

Comentários