Prefeitura de São Gonçalo autoriza volta do self-service

Restaurantes devem seguir uma série de regras para evitar o contágio da covid-19, como a disponibilização de talheres descartáveis

Por O Dia

Funcionamento dependerá do cumprimento das determinações
Funcionamento dependerá do cumprimento das determinações -

Os restaurantes de São Gonçalo voltaram, desde sexta-feira, a funcionar na modalidade self-service. A medida, publicada no Diário Oficial, também permite o acesso de crianças menores de três anos a estabelecimentos comerciais, revogando a restrição anterior.

Com as novas medidas, o funcionamento de bares, restaurantes e lanchonetes, bem como a abertura de self-services dependerá, além do cumprimento das determinações, da adoção de algumas medidas de prevenção ao novo coronavírus.

Não será permitido movimentação de mesas, devendo ser mantida disposição que garanta o distanciamento mínimo de dois metros entre elas. Os estabelecimentos devem instalar barreiras físicas, de material liso, resistente, impermeável e que permita fácil higienização entre os consumidores e a parte interna do balcão.

Também devem disponibilizar talheres descartáveis ou talheres tradicionais devidamente higienizados e embalados individualmente, e impedir o serviço de acesso de bebidas pelo cliente. Ainda será necessária instalação de protetor salivar nas pistas e rampas, e fornecimento de luvas descartáveis aos clientes.

Os restaurantes ainda têm que disponibilizar talheres de cabos longos nas pistas e rampas para facilitar o manuseio pelos clientes e evitar a utilização de bandejas, sempre que possível.

Galeria de Fotos

Funcionamento dependerá do cumprimento das determinações Divulgação/Prefeitura de São Gonçalo
Funcionamento dependerá do cumprimento das determinações Divulgação/Prefeitura de São Gonçalo

Comentários