Projeto básico será seguido para atender os cerca de 3,5 mil estudantes - Douglas Macedo / Prefeitura de Niterói
Projeto básico será seguido para atender os cerca de 3,5 mil estudantesDouglas Macedo / Prefeitura de Niterói
Por O Dia

A primeira etapa das obras do prédio do Instituto de Artes e Comunicação Social (IACS), no Campus do Gragoatá da Universidade Federal Fluminense (UFF) será entregue no mês que vem. No último fim de semana, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, esteve no local para vistoriar o andamento do trabalho realizado.

O projeto foi elaborado pela Empresa Municipal de Moradia Urbanização e Saneamento (Emusa) e está orçado em R$ 28 milhões. No fim do ano, será entregue uma ampla galeria que vai integrar o Circuito Cultural de Niterói, indo do Caminho Niemeyer, passando pela Reserva Cultural, seguindo pela orla até o Museu de Arte Contemporânea (MAC).

A intervenção seguirá o projeto básico já definido pela universidade para atender os cerca de 3,5 mil estudantes do IACS. A obra completa tem previsão de conclusão para 18 meses. Neves destacou a importância da parceira da prefeitura com a universidade para consolidar a vocação da cidade para o audiovisual.

"Esse projeto é fruto de uma parceria entre a universidade e a prefeitura que consolida em Niterói essa vocação fortalecida com audiovisual e inovação. O projeto foi iniciado há alguns meses. Já em dezembro, entregamos a primeira etapa da obra e avançamos em 2021 quando teremos os prédios concluídos. São nove cursos que formam milhares de jovens ao longo dos anos. Além de ser também muito Importante para a inovação e inclusive para retomada da economia", afirmou.

O reitor Antonio Claudio Lucas da Nóbrega destacou que a obra é o resultado de uma parceria histórica, que será importante não só para a comunidade acadêmica, mas para a cidade como um todo.

"A universidade não recebia nenhum recurso para fazer grandes investimentos em obras. Essa parceria com a prefeitura envolveu também o cinema Icaraí para ser reativado nesta grande cooperação de cultura, artes e cinema. O instituto vai dar um espaço adequado para milhares de novos profissionais que vão atuar no mercado de trabalho no Brasil, de um modo geral, gerando empregos, renda e melhorando a qualidade de vida", disse.

O IACS foi fundado em 1968 e tem cinco departamentos. O projeto do novo prédio, elaborado pela comunidade do instituto, foi mantido para a construção de onze edifícios interligados com bibliotecas, laboratórios, salas de aulas e espaço de convivência.

No bloco que será construído, ficarão abrigados os cursos de Graduação em Arquivologia, Artes, Biblioteconomia e Documentação, Cinema e Audiovisual, Comunicação Social, Estudos de Mídia, Jornalismo, Produção Cultural, e de Pós-Graduação em Ciências da Informação, Cinema e Audiovisual, Comunicação, Cultura e Territorialidades, Mídia e Cotidiano e Estudos Contemporâneos das Artes.

A diretora do IACS, Flávia Clemente, ressalta a importância da nova estrutura para o acolhimento dos alunos. "É uma conquista para toda comunidade do IACS e para todos os nossos cursos que vão poder ter um espaço adequado graças a essa parceria".

"Estamos celebrando essa parceria importantíssima para a universidade, para a cidade e para a área cultural. É um ganho extraordinário para a área cultural com mais esse espaço", completou o Superintendente do Centro de Artes UFF, Leonardo Guelman.

Você pode gostar
Comentários