Falta de foco e objetivos maiores dificultam carreira de jovens de classes A e B

Pesquisa feita pela consultoria YCoach, com 102 jovens de 18 a 35 anos, mostra que fatores comportamentais geram dificuldades no mercado de trabalho

Por marta.valim

Um levantamento feito pela consultoria Ycoach, focada em desenvolvimento de carreiras, mostrou que os principais problemas enfrentados pelos jovens no mercado de trabalho estão ligados a fatores comportamentais.

Os sete principais motivos que levam jovens a procurar ajuda de especialistas são: falta de clareza em seus próximos passos (23%), busca por realização profissional (21%), preparo para se tornar líderes (15%), melhor equilíbrio entre vida profissional e pessoal ou troca de emprego (11%), novas oportunidades profissionais (10%), falta de inspiração de seus líderes (5%) e valores incompatíveis com os da empresa (4%). A pesquisa foi feita com 102 jovens paulistanos, das classes A e B, entre 18 e 35 anos.

Para Felipe Maluf, sócio-diretor da consultoria, “quando questionados sobre objetivo de vida ou de carreira, os entrevistados respondem de forma vaga, sem embasamento e para diversos deles um ‘nunca pensei nisso’ é o mais comum”. Ele acredita que os jovens profissionais precisam entender que inteligência emocional e experiência são aprendidos na prática. Eles “são extremamente capacitados, estudaram em ótimos colégios, fizeram excelentes faculdades e alguns até possuem MBA. No entanto, percebemos que o fator emocional foi preponderante para as frustrações da carreira e da vida pessoal”, acrescenta Maluf.

O sócio-diretor da Ycoach lembra também que as empresas devem se preparar para lidar com os novos talentos. “Os jovens possuem anseios distintos de outras gerações, precisam receber desafios constantes e serem estimulados frequentemente. Todos esses fatos levam à realização e à sensação de crescimento, o que os deixa motivados e comprometidos em seus empregos constantemente”, afirma.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia