Tássia Camargo e a filha, Maria Júlia - Reprodução de Internet
Tássia Camargo e a filha, Maria JúliaReprodução de Internet
Por O Dia
Morando há dois anos em Portugal, Tássia Camargo usou as redes sociais neste domingo (1) para falar sobre a morte da filha Maria Júlia, há  24 anos, e fazer um apelo para que as pessoas fiquem em casa, já que a pandemia do coronavírus ainda não acabou. A atriz relembrou que a filha morreu por causa de um vírus.

"Amanhã  Dia de Finados. Perdi Maria Júlia, minha filha, em janeiro de 1996. Para quem perdeu um filho este dia é interminável. Amanhã não sairei de casa. Fico a rezar para o meu anjo dourado, para o meu pai, a minha mãe e tantos outros entes queridos. A rezar por todos os mortos Covid-19, de fome, por problemas cardiacos etc etc. etc etc etc etc etc. DETALHE: Minha filha morreu por causa de um vírus e na época não tinha um surto ou pandemia, tínhamos a vacina e mesmo assim o vírus destruiu com a vida dela e com a minha. Pensem nisto. Obrigada".

Maria Júlia morreu no dia 14 de janeiro de 1996, aos dois anos de idade, vítima de uma doença rara, a rubéola congênita tardia.