Cristina Mortágua - Reprodução
Cristina MortáguaReprodução
Por O Dia
Cristina Mortágua confirmou que espera receber a indenização da ação que moveu contra a Editora Rickdan LTDA, responsável pelas publicações da Revista Sexy, em 2003, conforme esta humilde coluna noticiou em primeira mão. A modelo ainda revelou que os sócios da empresa insistem em não cumprirem a ordem judicial.  "A informação dada é verdadeira, mas os sócios insistem em não cumprir a ordem judicial. A empresa ainda não quitou o débito corrigido", conta.
Mortágua acionou a editora depois que descobriu que as fotos de seu ensaio para a capa de uma edição de 1993 foram reutilizadas em uma edição especial, em 2003, sem sua autorização. Os advogados de Cristina alegam que na ocasião em que as imagens da modelo foram republicadas ela já não estava mais vinculando sua imagem a nus artísticos, uma vez que ela atuava como apresentadora de um quadro esportivo na TV, o 'Charme da Bola', que era transmitido na extinta TV Educativa do Rio, que deu lugar à TV Brasil.
Publicidade
Inicialmente a indenização pedida foi no valor de R$ 20 mil. O valor da indenização atualizado , contando com juros e correções, já monta em quase R$ 102 mil. Em decisão recente, o juiz autorizou penhora do faturamento da editora para quitar a dívida, uma vez que a mesma ainda não foi paga de forma espontânea.