Mais Lidas

Cantor Pablo vira febre na internet com a música ‘Porque Homem Não Chora’

Anônimos e famosos, entre eles Neymar, embarcaram na sofrência

Por tabata.uchoa

Pablo garante que homem chora%2C sim%2C mas ele mesmo não gosta de chorar em público e se esconde no quarto quando escorre uma lágrima%2C ‘para a esposa não ver’Divulgação

Rio - Muito marmanjo cresce e é criado ouvindo de pais, amigos e familiares que “homem que é homem não chora!”. “Apesar de eu cantar uma música que mostra o lado machão do homem, homem chora, sim!”, garante Pablo, o cantor baiano de 29 anos, intérprete de um dos hits do verão, ‘Porque Homem Não Chora’.

A música virou febre na internet e gerou dezenas de vídeos onde marmanjos se desmancham em lágrimas ao ouvir a canção — até o craque Neymar protagonizou um, cantando as palavras de dor de cotovelo da música. Versos como ‘Estou indo embora, a mala já está lá fora, vou te deixar/Por favor não implora, porque homem não chora e não pede perdão, e não pede perdão” popularizaram a palavra sofrência.

“Mas na Bahia isso é coisa boa. A sofrência é um termo que dá a impressão de sofrimento, mas lá é aquela esperança de quem quer arrumar um novo amor”, explica. “Essa música fala de amor, e algumas até sorriem quando escutam. Outras choram, em cada um bate de um jeito, depende da fase da vida em que você está. Eu encaro as coisas por um lado positivo. Ela é bem sentimental, eu prefiro falar assim, sofrência é um termo que criaram, não fui eu quem inventou isso.”

Pablo comemora o fato de Neymar ter registrado o vídeo cantando a canção como um golaço. “Foi muito gratificante um fenômeno como ele fazendo essa coisa bacana, mostrando que valoriza a cultura baiana. Tenho vontade de conhecê-lo pessoalmente, admiro ele demais”, festeja o cantor, também conhecido como ‘Pablo do arrocha’ por causa do gênero musical que se gaba de ter criado.

Curioso é ouvir do intérprete de ‘Porque Homem Não Chora’ que, em princípio, ele não imaginava fazer tanto sucesso. “A primeira vez que escutei, disse: ‘É boa’. Mas nunca pensei que ficaria tão famosa, com todos esses vídeos na internet. Foi meu empresário quem me mostrou a música, que era tocada no subúrbio de Salvador por um grupo chamado Paixão Aguda. No princípio eu nem quis gravar, porque já tive probleminhas com compositores que me deram músicas para gravar e, depois que estouraram, criaram problemas. Mas daí a gente editou a música na nossa própria editora e ficou tudo certo”, relata.

E Pablo já tem na manga o sucessor de seu atual sucesso, só que dessa vez ele não virá da Bahia, mas daqui do Rio: “A música vai se chamar ‘Homem Chora’. Já está sendo composta por Anderson & Emerson, uma dupla carioca”, antecipa.

Mas, afinal, é vergonhoso um homem chorar em público? “Eu falo por experiência própria: não gosto de chorar na frente de ninguém, até em casa, quando vem uma lágrima nos olhos, corro para o quarto para minha esposa não ver”, confessa. “E tem até estatísticas que mostram que as mulheres vivem mais tempo do que os homens por chorarem sem vergonha. Acho que, quando a gente chora, é um desabafo e dá uma sensação de leveza, me sinto renovado.”

As cinco causas da sofrência

O cantor Pablo conta que já derramou lágrimas diversas vezes, e nem sempre só por amor. Aqui, ele lista cinco dos principais motivos que são capazes de fazer um homem chorar:

1 Ao escutar uma música que emociona

2 Quando toma um corno e é traído

3 Enquanto está vivendo uma paixão

4 Quando está sofrendo por amor

5 Ao assistir um filme romântico



Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia