'Pai Em Dose Dupla': Atores vivem pai e padrasto que disputam o amor de crianças

Mark Wahlberg e Will Ferrel participam de comédia que estreia nesta quinta-feira

Por karilayn.areias

Rio - Mark Wahlberg não precisa fazer esforço para agradar. O bonitão musculoso ator hollywoodiano, que faz sucesso exibindo seu corpo em forma, se arrisca mais uma vez na comédia em ‘Pai Em Dose Dupla’, que estreia hoje. “Mas ele fica seminu no filme também”, avisa Will Ferrel, que na história vive Brad, o padrasto, que disputa com Dusty (Mark Wahlberg), uma espécie de Mr. Perfeito, o amor dos enteados e da mulher.

Mark Wahlberg e Will Ferrel em cenas de 'Pai Em Dose Dupla'Divulgação

“Geralmente, o padrasto é sempre o cara mau, e na maior parte das vezes quando colocam uma trama familiar, o homem é sempre aquele que deixa a família de lado para ficar com os amigos. Quis fazer algo diferente. A ideia nasceu quando eu me casei com minha mulher que já tinha uma filha e ela me perguntou quem a levaria para o baile da escola, se eu ou o pai biológico”, conta o diretor Sean Anders.

O roteiro é um prato cheio para Mark exibir todas as suas facetas e principalmente sua virilidade. Numa das cenas em que Brad vai ao especialista em fertilização para ver se seu número de espermatozoides é suficiente para fecundar sua mulher, ele tem seu membro comparado ao de Dusty, que ganha por extensão e largura. “Eu fico até vermelho quando me perguntam sobre essa cena e se ele é realmente grande”, escapa Mark Wahlberg.

E para quem gosta de vê-lo exibindo seus músculos, o roteiro inclui uma série de flexões de braço de Mark para deixar qualquer bíceps normal com inveja. “Devo ter repetido várias flexões para essa cena, talvez umas 10 mil”, exagera. “E ele nem estava suado no final”, completa Will. Mas quem sua a camisa para agradar aos enteados e a mulher é Brad. “Na verdade, todos gostam mais de mim no filme”, mente Will.

Scarlett Estevez%2C Linda Cardellini e Owen VaccaroDivulgação

Para dividir a cena com os dois, Linda Cardellini, que interpreta Sara, mulher de um e ex de outro. “O Dusty pode ser lindo, mas a Sara encontra no Brad segurança e ele a coloca para cima. Não é como o Dusty que sempre a critica e não tem responsabilidade”, justifica Linda. “Mas nos bastidores foi incrível trabalhar com os dois. Sempre estavam de bom humor e fazendo piadas um com o outro”, diz Linda.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia