Hermeto Pascoal faz aniversário amanhã com show a R$1

A mostra começa às 18h, na arena carioca que leva o nome do artista, em Bangu

Por karilayn.areias

Rio - Não importa se é uma conversa, um momento de reflexão ou qualquer outra situação. A inspiração de Hermeto Pascoal para criar sons vem de tudo o que o cerca. Amanhã, o multi-instrumentista completa 80 anos de vida e em homenagem, ganhou o projeto ‘Hermeto Pascoal — 80 anos’, que leva ao público uma exposição gratuita sobre ele e shows com ingressos a R$ 1, com 1 kg de alimento não perecível.

No show%2C Hermeto vai tocar com seis músicos%2C entre eles sua mulher%2C Aline Morena%2C e seu filho Fábio PascoalDivulgação

A mostra começa às 18h, na arena carioca que leva o nome do artista, em Bangu, e apresenta a trajetória musical desta figura por meio de partituras inéditas, feitas em guardanapos, chapéus e outros materiais, além de fotos e itens relacionados a seu trabalho. 

“Hermeto não é aquela pessoa convencional. Ele é inusitado e gosta de criar o tempo todo. Ele, por exemplo, pega uma revista num avião e começa a fazer partituras nas folhas. Uma delas está exposta, até”, afirma Rita Vilani, 48 anos, idealizadora do projeto.

Como Hermeto é conhecido por suas canções, a exposição terá a presença de músicos que aparecerão de surpresa para dar vida às partituras expostas. Para as pessoas que possuem algum tipo de deficiência auditiva, um profissional especializado em linguagem de sinais vai traduzir as canções. A partir das 21h, é a vez do próprio aniversariante subir ao palco tocando flauta-baixo, teclado, tirando som de copos d’água, ao lado de seis músicos, entre eles, Aline Morena, sua segunda mulher, e Fábio Pascoal, um dos seus seis filhos. “Este é um grande momento, especialmente para quem é músico, estudante de música, porque conferir essa exposição e o show”, diz Rita.

Mas até se tornar referência para músicos atualmente, Hermeto ralou bastante ao longo dos mais de 60 anos de carreira. Já trabalhou em rádios, tocou em casas noturnas, gravou músicas em parceria com Miles Davis e tantos outros momentos que fizeram o instrumentista ganhar reconhecimento no Brasil e construir uma carreira internacional.

Com reportagem de Guilherme Guagliardi

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia