Caio Castro comenta agressão a fotógrafo: 'Perdi a cabeça'

Ator contou que havia pedido anteriormente para não ser fotografado

Por O Dia

Rio - Caio Castro resolveu se pronunciar sobre a agressão que ele cometeu contra o fotógrafo André Ligeiro durante o Réveillon, em Trancoso, na Bahia. O ator postou um vídeo no Facebook explicando que foi passar o Ano Novo em Trancoso a convite de uma empresa, mas acabou indo também para uma festa da empresa concorrente e pediu para não ser fotografado. Ainda de acordo com o ator, ele "perdeu a cabeça" quando o profissional em questão tirou uma foto fila de entrada e saiu correndo. 

Caio Castro diz que 'perdeu a cabeça' quando agrediu fotógrafoReprodução

"Decidimos ir pra Trancoso no Ano Novo. Eu e muitos amigos. Quem proporcionou esse Ano Novo foi uma empresa que faz festas no Brasil inteiro e me convidou junto com meus amigos para passar sete dias em Trancoso. Um certo dia, se não me engano no segundo dia, o dono dessa empresa, que é meu amigo, disse que estava indo para uma outra festa, que não era a empresa dele, era da empresa concorrente", explicou.

Foi quando o ator pediu para a assessora avisar aos fotógrafos para não tirarem fotos. "Entrei na festa, cumprimentei os fotógrafos. Deu um minuto, estávamos esperando pegar pulseira, veio um rapaz correndo, levantou a máquina e começou a disparar flash. Olhei pra Valentina, assessora do meu amigo, e disse ‘que isso?’. E na hora ele (fotógrafo) saiu correndo. E eu saí correndo atrás dele. Estava meio nervoso, era uma falta de respeito. A gente pediu gentilmente, cordialmente para não fazer foto. Ele fez a foto e saiu correndo. Por que ele saiu correndo? Por que ele viu que foi pedido e que não era pra fazer foto", disse o ator.


Caio Castro ainda afirmou que foi um erro agredir o profissional. O ator garante que ainda tentou pedir desculpas, mas foi impedido. "Não queriam que eu falasse com ele. Eu fiz questão de pedir na mesma hora porque eu sabia a cagada que estava fazendo quando agredi uma pessoa. Mas não deixaram eu falar com ele. A melhor coisa que fiz foi ter ido embora. No dia seguinte não deixaram eu falar com ele também e decidi deixar o tempo passar". 

No final do vídeo, Caio pediu desculpas a André Ligeiro e aos fãs. "Até agora não consegui encontrar com o fotógrafo. Peço desculpas a ele, à família dele, à minha família, aos meus fãs. Terminei 2016 de uma forma que não gostaria de terminar. Se algum profissional do meio se sentiu ofendido, peço desculpa também. Já que isso aconteceu e foi um episódio horrível, uma idiotice da minha parte, alguma coisa boa temos que levar dessa situação, que é respeitar as pessoas, as situações". 



Últimas de Diversão