'Sempre fui um artista versátil', diz Jorge Maya

Protagonista do musical 'O Homem de La Mancha', Jorge Maya faz show hoje na Tijuca e grava a série 'Tô de Graça', do Multishow

Por Gabriel Sobreira

Jorge Maya -

Rio - Nascido e criado na Ilha do Governador, Jorge Maya gostava de cantar e imitar os cantores que via na TV desde pequeno, principalmente Michael Jackson, no tempo do The Jackson 5. "Eu tinha o mesmo tom de voz dele", lembra Jorge. Hoje, aos 51 anos, o ator, cantor, fonoaudiólogo e preparador vocal faz bem mais. É protagonista do musical 'O Homem de La Mancha', com direção de Miguel Falabella, e fará uma pequena turnê com 'O Beijo No Asfalto Musical' pelo Nordeste e depois irá a São Paulo. Hoje à tarde, acompanhado por Lula Washington (violão/guitarra e arranjos) e Beto Bonfim (percussão), ele se apresenta no show 'Várias Bossas', às 16h, no Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca.

"Vou cantar Ivan Lins, Tania Maria, Moacir Santos, Djavan, Chico Buarque, Marina Lima, Luis Melodia, Carlos Lyra e vários outros. Nesse show, por enquanto, não tem composição minha. Num próximo, colocarei com certeza", promete Maya

VERSATILIDADE

O artista já tem agendado um show no Parque das Ruínas e, em setembro, no Memorial Getúlio Vargas. "Além disso, estou em fase de pré-produção de um lindo show que ainda não posso divulgar", acrescenta ele, que passeia por ritmos como samba, jazz, MPB e bossa nova. "Sempre fui um artista versátil. Não gosto de me prender a um estilo só".

NA TV

Mas não pense que ele para por aí. Em agosto, Jorge termina as gravações da segunda temporada do humorístico 'Tô de Graça', protagonizado por Rodrigo Sant'Anna, no Multishow. Já torcendo pela terceira temporada da produção, o ator interpreta Canário, dono da birosca da comunidade, que se amarra em beber e fofocar.

"Todos passam na birosca dele pra comprar os utensílios e bater um bom papo. Ele também é parceiro do Moacir, que é um bebum, marido da Graça (Rodrigo Sant'Anna). Nessa segunda temporada, a novidade é que Canário vai se casar com a Suelen, uma boazuda vivida pela Rita Guedes", diverte-se Maya.

FILHO

Além da música e da interpretação, outra paixão declarada do carioca de brilho é o filhão dele, Pedro Maya, 22 anos, que faz sucesso como o Garoto em 'Malhação: Vidas Brasileiras', da Globo. "Qual é o pai que não quer ver um filho sendo feliz e realizado naquilo que faz? É uma glória. Estou muito feliz por ele seguir os meus passos e por mérito todo dele. Ele é talentoso, aplicado, e estuda muito, não só as artes cênicas, como a música também - já sendo um excelente violonista. Está sendo muito emocionante vê-lo brilhar e tendo oportunidade de mostrar o trabalho dele", derrete-se o paizão coruja.

MUSICAIS

Atuando só em musicais há 31 anos começou em 'Theatro Musical Brasileiro II', em 1987 , Jorge não parou mais e, claro, comemora. "É um mercado que vem crescendo com uma leva de novos profissionais muito competentes e preparados tecnicamente. Todos interpretando, cantando e dançando muito bem. O nível dos espetáculos está cada vez mais alto. E o gênero musical agrada muito ao brasileiro. Dessa forma, os artistas estão tendo mais oportunidades para trabalhar", diz ele, orgulhoso.

Galeria de Fotos

Jorge Maya Studio 19/Divulgação
À esq., os atores e cantores Jorge Maya e o filho, Pedro Acervo Pessoal

Comentários

Últimas de Diversão