Em 'O Tempo Não Para', Christiane Torloni vai namorar um homem bem mais novo

Aos 61 anos, atriz critica o preconceito entre as mulheres

Por Gabriel Sobreira

Carmen (Christiane Torloni)
Carmen (Christiane Torloni) -

Rio - Uma mulher madura, cosmopolita, bem resolvida, elegante e cheia de energia. Ela criou o filho sozinha, tem estabilidade financeira, adora aproveitar a vida e não se priva de ter um caso com o personal trainer bem mais novo. Essa é Carmen, personagem de Christiane Torloni em 'O Tempo Não Para', que estreia hoje, às 19h, na Globo.

"Eu acho que o preconceito também está nas mulheres. As mulheres são tão críticas das mulheres. Os homens aplaudem os homens. Quando é que as mulheres vão começar a aplaudir as mulheres?", questiona Christiane Torloni, que logo acrescenta: "Acho que já começou. Acho que estamos vivendo um tempo diferenciado, estamos começando a ver as mulheres aplaudindo as mulheres. E esse é um gesto de grande inteligência: elas pararem de brigarem com elas mesmas".

NETO

Aos 61 anos, a atriz é avó pela primeira vez. Leonardo Carvalho, filho da veterana com o diretor Dennis Carvalho, é pai de Lucca, 11 meses, com a atriz Keruse Bongiolo. "Eu tenho cara de vovó? (risos). Acho que nem existe mais 'vovó'. No século 21 já é outro tipo de pegada. É mais: 'Vamos, meu filho, cresce logo para a gente andar de stand up (paddle) juntos' (risos). Estou babando muito. Bebê superdesejado, amado. Eu fico muito feliz", derrete-se.

Para a veterana, sua personagem é exemplo de uma pessoa crível do momento em que vivemos. "Todas nós temos que ser batalhadoras. Todas nós temos que pintar o cabelo, ficar bonitinha. Todas nós queremos namorar (risos)", conta Christiane. "Acho que nós temos vários pontos em comum, e isso é muito bom", completa.

DOBRADINHA

Na novela de Mario Teixeira, Carmen ficará mexida ao conhecer Dom Sabino (Edson Celulari), empresário de sucesso da época do Brasil Imperial, que sofre um acidente, é congelado e acorda 132 anos depois. Ele fica encantado pela beleza e autonomia de Carmen. Enquanto isso, Dona Agustina (Rosi Campos), mulher de Sabino, morre de ciúmes dele com a empresária.

"A gente tem vários encontros em cena e são admiráveis ('América', em 2005, 'Beleza Pura', 2008, e 'Alto Astral', 2014). Ele é um homem que eu respeito muito, um artista incrível. Tenho acompanhado a carreira do Edson também no teatro há vários anos, ele é uma pessoa muito centrada, um ótimo colega, colega envolvido com os movimentos da classe, é um cara de respeito. Um companheiro e artista de ouro. Vida longa", celebra.

TEMPO

Distante das novelas desde 'Velho Chico', em 2016, Torloni aproveitou esse tempo para retomar o musical 'Master Class', em que interpretava a cantora Maria Callas, e se dedica à finalização de seu documentário, 'Amazônia, da Cidadania à Florestania Um Despertar'. "Temos que dar oportunidade para o público também se oxigenar um pouco. Acho que a gente precisa respirar outros ares. Então, você volta também reciclado para chegar com outra forma de informação. Senão, você só muda a cor, o corte do cabelo e não adianta", frisa.

POLÍTICA

Em ano de eleições, a atriz fala sobre como encara o cenário político atual e manda um recado. "O que encaretou e já está encaretando há muitos anos é a política. E como a política está na mão de gente careta, tudo vai encaretando. Agora está na nossa mão 'desencaretar' o Congresso, 'desencaretar' o Senado, botar gente que não seja ficha-suja lá. Senão vai piorar mais, aliás, tem piorado por isso. Nós somos os responsáveis", destaca.

A TRAMA

A novela 'O Tempo Não Para' começa em 1886. Dom Sabino (Edson Celulari) viaja de navio com a família e agregados, para fugir de um escândalo. Sua filha, Marocas (Juliana Paiva), disse 'não' em pleno altar. Todos vão em um barco, o Albatroz, para a Europa. Para Dom Sabino, esta é também uma viagem de conhecimento, e ele resolve reviver a rota percorrida por Charles Darwin, passando pela Patagônia. Só que o navio colide com um iceberg, uma enorme fresta se abre no casco e começa a entrar água.

O Albatroz naufraga em um oceano congelante. Em 2018, ou seja, 132 anos depois do acidente, um imenso bloco de gelo impulsionado pela maré é avistado pela guarda costeira na praia do Guarujá, litoral de São Paulo. Samuca (Nicolas Prattes) avista um pedaço se desprender e nele está Marocas. O garoto salva a jovem e imediatamente se apaixona por ela. Em terra firme, começam a correr boatos dos mais variados tipos.

Parte da população começa a desconfiar de que pode se tratar de uma ação de marketing, enquanto outros falam em terrorismo. Teorias conspiratórias pipocam em todas as mídias e sugerem até que os 'congelados' são seres de outro planeta. Enquanto a imprensa está em polvorosa, o governo tenta abafar a situação e o caso vira segredo de Estado.

Galeria de Fotos

Carmen (Christiane Torloni) João Miguel Júnior/TV Globo
Laércio (Micael Borges) e Carmen (Christiane Torloni) João Miguel Júnior/TV Globo
Sabino (Edson Celulari) e Carmen (Christiane Torloni) João Cotta/TV Globo
Carmen (Christiane Torloni) João Cotta/TV Globo
Samuca (Nicolas Prattes) e Carmen (Christiane Torloni) João Miguel Júnior/TV Globo

Comentários

Últimas de Diversão