Gracyanne Barbosa faz desabafo sobre pornografia e preconceito: 'Dá um nó na garganta'

Musa fitness também questionou os direitos LGBT

Por O Dia

Gracyanne Barbosa
Gracyanne Barbosa -
Rio - Gracyanne Barbosa publicou um desabafo no Instagram após a decisão do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), que autoriza a Prefeitura da cidade a recolher obras com temática LGBT da Bienal. No post, Gracyanne questiona até quando determinados grupos sociais serão acusados de pornografia.
A musa começou o texto debatendo sobre o assunto: "Até quando seremos acusados de pornografia? Pensei e penso muito sobre escrever essa publicação. Passo por uma certa opressão e perseguição em meu conteúdo", escreveu, se referindo às fotos de pole dance e vídeos sambando que ela publica nas redes sociais.
Logo depois, Gracyanne falou sobre os direitos LGBT: "O mais recente e chocante é que hoje meus amores da comunidade LGBT foram notificados por políticos de que o beijo de amor é classificado como pornografia.
Sinceramente? Dá um nó na garganta e eu realmente nem tenho mais o que falar. A narrativa desses fatos já falam por si só".
Por fim, Gracyanne apenas desejou coisas boas aos seguidores e aos que ela chamou de opressores: "Aos opressores, AMOR! Ao meu público, de sambistas, de praticantes de pole e também meus queridos do movimento lgbt, MEU AMOR! MEU APOIO! Um beijo imenso no coração de vocês!"
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia