Cleo Pires
Cleo PiresReprodução/Instagram
Por O Dia
Cleo Pires usou as redes sociais neste fim de semana para falar sobre a síndrome de Hashimoto, uma doença autoimune que afeta a tireoide. Segundo a atriz, ela descobriu que sofre da enfermidade ao fazer uma cirurgia nas cordas vocais.
Publicidade
Através de um vídeo, no Instagram, Cleo explicou sua convivência com a doença. "Fiz uma cirurgia nas cordas vocais, porque descobri que tinha um cisto. Passei por uma bateria de exames detalhados, tudo foi muito investigado, e aí eu recebi esse diagnóstico que eu fiquei muito assustada, que é da síndrome de Hashimoto, uma doença autoimune que afeta diretamente o funcionamento da minha tireoide", começou.
Cleo explicou como começou a perceber que tinha algo errado. "Eu malhava cinco minutos e morria já, não tinha motivação para fazer nada. E eu sempre fui muito motivada, sempre gostei de viajar, descobrir coisas, e sempre fui muito curiosa, sempre amei muito meu trabalho. Eu até pensei que estivesse passando por período de depressão", contou. 
Publicidade
Segundo a cantora, a doença age de maneira silenciosa no organismo. "É uma doença muito silenciosa. O seu corpo vai inflamando, vai inflamando, e você demora um tempo para perceber".
"Não queria falar disso, porque senão as pessoas iam falar: 'Ah tá, ela engordou por causa de uma disfunção no corpo dela'. Eu acho que, independente da Hashimoto, as mudanças na minha aparência, ou as mudanças na aparência de qualquer mulher, não tem que ser pauta nem palco".
Publicidade
"Comecei a sentir que ninguém tinha o direito de me privar de viver o meu corpo livremente. E menos ainda eu queria justificar um motivo pelo meu corpo ter mudado, porque isso não é da conta de ninguém", completou.
 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Me (@cleo)