Mais Lidas

Monica Iozzi deixa o Facebook e desabafa: 'tentando me entender nestes novos tempos'

De acordo com a artista, ela quer mais tempo "fora das telas" para poder interagir com as pessoas e se dedicar a vida real

Por KARILAYN AREIAS

Monica Iozzi está há um ano sem fumar
Monica Iozzi está há um ano sem fumar -

Rio - Monica Iozzi resolveu desativar seu perfil no Facebook. A humorista publicou um texto na rede social, nesta quarta-feira, explicando para os fãs o que motivou a decisão. De acordo com a artista, ela quer mais tempo "fora das telas" para poder interagir com as pessoas e se dedicar a vida real. 

A famosa, que foi repórter do programa CQC e entrevistava políticos em Brasília, também questionou a eficácia de debater o tema na rede social e criticou o alcance das publicações por conta dos algorítimos. "Textões, fake news, discursos de ódio, algoritmos, vazamento de dados, censura, etc, etc, etc. Tudo demanda tanto da nossa energia, do nosso tempo... e pra que? Estamos mesmo construindo algo bom com isso tudo? O diálogo está mesmo acontecendo ou estamos apenas falando mais do mesmo para a nossa bolha?", escreveu. 

Monica também comunicou que não usa mais o Twitter há tempos e que decidiu manter o Instagram ativo para não perder totalmente o contato com os fãs. 

Em 2017, a humorista ficou seis meses afastada das redes sociais. Na ocasião, e ela alegou que estava saindo pois "estava exagerando na quantidade de horas que passava online". 

Confira o desabafo de Monica Iozzi na íntegra: 

"Queridas e queridos que me acompanharam por aqui durante todos esses anos, preciso dar um recadinho...

ESTOU DEIXANDO O FACEBOOK.

Venho pensando nisso há um bom tempo e agora tenho certeza de que esta é uma decisão acertada.

Quero mais tempo longe das telas (celular, computador, TV). Quero interagir diretamente com as pessoas. Quero ler mais livros, mais jornais, ir mais ao teatro, curtir mais minhas cachorrinhas, estudar mais, ver mais filmes, estar mais com meus amigos, com a minha família, com meu namorado, quero me informar melhor. E sim, estar ativa em várias redes sociais estava me tirando tudo isso.

Também tenho refletido bastante sobre a eficácia e o alcance das discussões sobre política aqui no Facebook. Textões, fake news, discursos de ódio, algoritmos, vazamento de dados, censura, etc, etc, etc. Tudo demanda tanto da nossa energia, do nosso tempo... e pra que? Estamos mesmo construindo algo bom com isso tudo? O diálogo está mesmo acontecendo ou estamos apenas falando mais do mesmo para a nossa bolha?

Enfim...

Já NÃO estou no Twitter há bastante tempo e agora pretendo ficar apenas com o Instagram.

E então alguém vai dizer: “Mas o Instagram é do Facebook, Monica. Dá no mesmo...”

Eu repondo: Sim. Na verdade acho que toda rede social funciona de um modo bem parecido, né? Mas, ficando apenas com uma, já me sentirei mais leve e ainda terei um canal de comunicação direta com o público.

Vamos ver... Sigo tentando me entender nestes novos tempos. Talvez tudo mude daqui a pouquinho. Por ora, isso me parece o melhor.

Sigamos, meus amigxs! Com fé, com amor e questionando tudo, sempre.

Ah, pra quem quiser continuar a caminhada, segue meu Instagram:

https://www.instagram.com/monica.iozzi/"

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários