Mais Lidas

'Volta' no patrão e febre de copos

Ontem, muita gente que foi ao festival não negava a 'cambalhota' no patrão para assistir a Bon Jovi, ícone pop que estourou nos anos 80

Por thiago.antunes

Rio - Para não perder o Rock in Rio vale de tudo, até um balãozinho no chefe. Ontem, muita gente que foi ao festival não negava a 'cambalhota' no patrão para assistir a Bon Jovi, ícone pop que estourou nos anos 80. Sem papas na língua, a organizadora de eventos Thais Cortez, de 38 anos, entregou. "Prefiro ver o Bon Jovi hoje do que meu chefe. Então, como sou boa funcionária, estou de folga", revelou.

Fernando Gomes entrou na febre de juntar copos no Rock in RioMaíra Coelho / Agência O Dia

Negociar com os patrões com antecedência foi a senha para parte da galera garantir o dia de ontem. Em abril, a vendedora Laís Lucero de Figueiredo já foi logo avisando para a chefia que dia 22 de setembro era dia de rock. "Pedi folga com muita antecedência para nada dar errado", contou.

E recolher copinhos virou febre na Cidade do Rock. Uma cervejaria decidiu trocar cada 15 itens descartáveis por um copo estilizado da marca. A promoção caiu no gosto do público. "Estou disputando com a galera da limpeza. Recolho copos até nas latas de lixo", declarou Fernando Gomes, de 23 anos, que já garantiu 15 copos estilizados para a sua coleção. A produtora da cervejaria Stephanie Buckley informou que os copos descartáveis são levados para uma cooperativa de reciclagem.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia