De volta à TV, Glenda Kozlowski assume programação dominical na Band

Apresentadora é responsável pelo 'Show do Esporte'

Por Juliana Pimenta

Glenda Kozlowski
Glenda Kozlowski -

Rio - Glenda Kozlowski está de casa nova! Apresentada como a nova contratação da Band, a repórter assumiu, no último domingo, o comando do 'Show do Esporte' ao lado de Elia Júnior. A estreia no programa, inclusive, rendeu à Glenda uma massiva repercussão nas redes sociais. "Minha estreia foi super legal. Eu adorei e foi uma honra estar ali. Fiquei muito feliz, animada e grata com toda a repercussão, porque eu realmente não esperava por isso. É muito bacana trazer de volta a tradição do 'Show do Esporte', mas também aliada a essa tecnologia, que justamente é onde entraram as redes sociais. E a gente vai querer isso cada vez mais", destaca a apresentadora.

E será que rolou frio na barriga? Com bom humor, Glenda garante que não. "Acho que eu fico ansiosa só. Mas sou muito adaptável, eu sou surfista, né? Pego todo tipo de onda: pequena ou grande, e tá tudo certo. E como é que a gente não vai se adaptar a um lugar que tem tradição e que sempre acompanhei? E o carinho com o qual venho sendo recebida na Band é emocionante. Tá sendo uma troca com uma reciprocidade muito grande. E isso me faz vestir cada vez mais essa camisa e mostrar a importância da Band e desse projeto para o esporte brasileiro e para o Brasil", defende.

Ode ao esporte

De volta à grade, o 'Show do Esporte' entra ao ar às 10h e só termina às 18h. Glenda entende que todo esse tempo de exibição reforça o compromisso da emissora em dar destaque ao esporte. "Esse projeto do 'Show do Esporte' é um projeto muito grande e duradouro para trazer, de volta à TV aberta, modalidades olímpicas radicais, que com o tempo e até pelo próprio mercado, acabaram perdendo espaço e se concentrando na TV fechada. Então, estar de volta à TV aberta, onde todo mundo tem acesso democrático e chega a todos os cantos do país, é uma felicidade enorme", destaca a apresentadora.

A proposta de conduzir esse projeto, inclusive, foi um divisor de águas para Glenda. Decidida a não voltar para a TV, a apresentadora abriu uma exceção para o 'Show do Esporte'. "Isso me fez voltar novamente para a televisão, porque eu não ia voltar. Meus objetivos eram outros e eu fico muito feliz porque a Band aceitou todos os meus projetos e me colocou, junto ao Elia, à frente desse programa de tamanha tradição. Nós ficamos 8 horas no ar, com o 'Show do Esporte', mas depois ainda tem o 'Terceiro Tempo', enfim, vão ser mais de 12 horas de esporte na TV aberta. Então, a pessoa que estiver domingo a fim de esporte, liga na Band. Vai ser esporte o tempo todo e vai ser o máximo!", comemora.

Velha nova rotina

Longe da TV por menos de um ano, Glenda já vinha recebendo mensagens de fãs que sentiam sua falta na telinha. Com a estreia na Band, a apresentadora pôde comprovar esse carinho. "Eu pude ver que essa saudade é real mesmo, que de verdade as pessoas estavam sentindo a minha falta mesmo. É muito legal isso. E eu também senti saudades da adrenalina, do programa ao vivo, de entrevistar, de ancorar programa. E ano que vem a gente ainda tem uma Olimpíada! Estou feliz da vida, graças a Deus".

Antes do programa ir ao ar e mudar completamente a rotina de Glenda - que precisa pegar avião semanalmente para os estúdios -, a apresentadora seguia o isolamento social. Apesar dos desafios, ela garante que lidou bem com esse período de incertezas. "Eu passei a pandemia super bem. Eu e meu marido enfrentamos tudo bem e acho que a pandemia trouxe mais união para a gente, mais solidariedade. Essa instabilidade da pandemia é a mesma instabilidade do esporte. Ainda mais eu que fui atleta do mar, que pegava onda. Tem coisa mais instável que o mar? Cada dia é um dia e cada onda é uma onda. Então eu lido bem com essas coisas", defende.

 

Comentários