Mais Lidas

Preto e branco: tons marcam presença na decoração dos ambientes do lar

Especialista mostra como a dupla deve ser usada em cada cômodo, e as mensagens que elas transmitem

Por leandro.eiro

Rio - Você sabia que o branco e suas variações de tons é uma das cores mais usadas na decoração? Seja em quartos, livings, halls, cozinhas ou varandas, essa cor traz leveza e calma ao espaço, além de conferir uma sensação de amplitude. Mas engana-se quem pensa em valorizar unicamente essa cor.

Exemplos de projetos assinados pelas arquiteta Ana Cano Milman%2C que valoriza a cor brancaDivulgação

A arquiteta Ana Cano Milman, especialista em arquitetura de interiores, explica que o uso exclusivo ou majoritário desse tom pode acabar esfriando excessivamente o ambiente. Ou, ainda, trazer monotonia ao espaço. “As pessoas optam pelo branco por ser mais fácil de compor o ambiente. Mas, mesmo assim, é importante prestar atenção na marcenaria a ser usada, nos tons de itens decorativos e demais objetos da decoração. Além, é claro, da iluminação”, explica Ana.

Para a arquiteta, o ideal é saber a forma correta de usar os tons espalhados pelo ambiente branco. “Não focar a iluminação nas cores fortes do espaço e não acumular tons muito quentes em uma mesma parte do ambiente facilita a distribuição de cores e harmoniza bem o ambiente”, esclarece.

Já o tom oposto, o preto também pode ser usado, mas sem exageros. Além disso, muitas pessoas evitam esse tom na decoração, por acreditar que a tonalidade é pesada e que deixa o espaço escuro e triste.

Ana Rita Sousa e Silva%2C arquiteta e designer de interiores%2C que investe no pretoDivulgação

Mas a arquiteta e designer de interiores, Ana Rita Sousa e Silva, do escritório AR Arquitetura & Design, mostra como o preto pode ser o coringa do design. “Sempre usei muito o preto na decoração, pois, normalmente, deixa os projetos mais sofisticados e atemporais. É uma cor que nunca sai de moda.“, afirma.

Normalmente, essa tonalidade é utilizada em projetos corporativos e comerciais. Já nos residenciais, a maioria das pessoas acredita que deve ser evitada. Entretanto, Ana Rita acredita que o preto pode contribuir no design de ambientes residenciais. Por exemplo, nos projetos mais clássicos, ela recomenda que a cor se misture com tons mais beges e amadeirados. Já nos modernos, pode ser usado com tons de branco, cinza e cores mais vibrantes.

O único cômodo onde a arquiteta evita aplicar preto é nos quartos infantis, pois acredita que é uma cor que traz muita seriedade, o que exige uma certa maturidade para ser utilizada.

Especialista dá orientações para decorar ambientes brancos

Hall de entrada: Este é o ambiente que recepciona as pessoas. Por isso, o ideal é trabalhar com cores sutis. O branco na parede e na marcenaria, por exemplo, pode ornar com detalhes mais intensos em jarras e pequenos quadros.

Living: Esse é um dos espaços em que as pessoas mais comungam. Devido a esse fator, as cores devem estimular a interação social. Como o branco já predomina, pode-se abusar de tons mais intensos, como o vermelho, espalhados em sofás, tapetes ou almofadas. É possível, ainda, trabalhar com as cores em pequenos detalhes nas paredes. Dessa forma, quebra-se um pouco da sobriedade do branco e conseguimos esquentar um pouco o ambiente.

Quarto: Como é um cômodo mais íntimo, é preciso ter cuidado ao usar cores fortes, como o vermelho. Com a presença de tons brancos, pode-se quebrar da frieza do ambiente com almofadas, cortinas e colchas. Uma ideia é usar um papel de parede em uma única parte do espaço.

Cozinha: É o espaço que precisa passar a ideia de limpeza. Por isso, o branco é mais usado. Pode-se focar as cores na bancada da pia e em alguns detalhes da marcenaria, além de eletrodomésticos.

Banheiro: De forma geral, o branco transmite uma sensação de higiene e limpeza, o que é o ideal para o espaço. As boas opções são: verde-claro, verde-escuro, amarelo, creme, areia e terracota em detalhes e marcenaria.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia