Procurado pelo FBI suspeito de terrorismo se apresenta a PF

De acordo com o Ministério da Justiça brasileiro, o egípcio ingressou no país em 2018, obteve a autorização de residência e está em condição migratória regular

Por Agência Brasil

São Paulo - O egípcio Mohamed Ahmed Elsayed Ahmed Ibrahim apresentou-se nesta quinta-feira à Polícia Federal (PF) em Guarulhos, na unidade do Aeroporto Internacional de Cumbica. Ibrahim foi incluído na última segunda-feira, pelo Departamento de Justiça do Governo norte-americano (FBI), na lista de suspeitos de envolvimento em terrorismo. Ele é procurado pelos Estados Unidos para interrogatório. 
De acordo com o Ministério da Justiça brasileiro, o egípcio ingressou no país em 2018, obteve a autorização de residência e está em condição migratória regular. “O governo brasileiro está aberto a cooperar com as autoridades norte-americanas no que for solicitado, nos termos de nossa legislação, e está acompanhando o caso”, disse a pasta em nota conjunta com o Ministério das Relações Exteriores.
Segundo a Polícia Federal, o egípcio permanecia na unidade da Polícia Federal em Guarulhos até as 16h30. A defesa de Ibrahim nega as acusações. O advogado Ronaldo Vaz de Oliveira deverá falar com a imprensa após o depoimento do egípcio.

Comentários