Graça Foster diz na CPI da Petrobras que Lava Jato fez bem à empresa

Ela acrescentou que as investigações estão mudando o país e representam uma lição 'que não vai ser esquecida nunca mais'

Por victor.duarte

Brasília - No depoimento, nesta quinta-feira, à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras da Câmara dos Deputados, a ex-presidente da estatal Graça Foster disse que os desdobramentos da Operação Lava Jato fazem bem à empresa. Ela acrescentou que as investigações estão mudando o país e representam uma lição "que não vai ser esquecida nunca mais".

Graça Foster presta depoimento à CPI da Petrobras

'Nunca soube de propina na Petrobras', declara Graça Foster em CPI

Graça Foster diz na CPI da Petrobras que Lava Jato fez bem à empresaAgência Brasil

"Não posso deixar de repetir aqui o bem que a Lava Jato está fazendo à Petrobras", ressaltou a ex-presidenta da petrolífera aos deputados. Ela disse estar constrangida com casos de corrupção na Petrobras e que acredita que a corrupção começou fora da empresa. "Eu passo horas dos meus dias pensando no que aconteceu com a Petrobras”.

Graça Foster afirmou que “poderia ter todas as suspeitas”, mas faltavam os fatos apurados. Ao mesmo tempo, disse sentir um “constrangimento muito grande” ao ter que comparecer na CPI para tratar do assunto.

Para ela, aos “olhos de hoje”, a compra da Refinaria de Pasadena foi um erro. “Dizer que Pasadena é um mau negócio em 2014 e 2015 é fácil, mas a questão de Pasadena lá atrás de fazer uma Revanp [investimentos necessários para aumentar a capacidade de refino] pareceu ser um negocio positivo”, afirmou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia