Feirão da Caixa terá mais imóveis de até R$ 190 mil

Evento no Rio será de 15 a 17 de maio. Descontos chegam a R$ 30 mil

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - Quem está à procura de um imóvel deve aproveitar mais uma edição do Feirão Caixa da Casa Própria. E este ano, as unidades enquadradas no programa habitacional ‘Minha Casa Minha Vida’ serão o foco do evento com mais ofertas de imóveis de até R$ 190 mil para famílias de renda de R$ 5.400 mensais. Os juros são a partir de 4,5% ao ano, mais Taxa de Referência (TR). No Rio, o feirão acontece entre 15 e 17 de maio no Pavilhão 4 do Riocentro.

Entre as vantagens do feirão estão descontos que chegam a R$ 30 mil, financiamento aprovado na hora e brindes como cozinha planejada e aparelhos de TVs. O evento nacional começa em São Paulo, Recife (PE) e Belém (PA) na sexta-feira.

O condomínio Meu Lar Caxias%2C da construtora Cury%2C em Duque de Caxias%2C tem piscina%3A descontos de até R%24 20 mil e TVs de 47 polegadasDivulgação

De acordo com a instituição, serão 822 empreendimentos novos com mais de 200 mil unidades em oferta nas 14 cidades onde o feirão vai acontecer. Também será possível comprar um imóvel com recursos do FGTS.

Vale lembrar que estas modalidades de empréstimo habitacional não sofreram aumentos de juros anunciados pela Caixa na semana passada. As duas alterações de taxas, que o banco fez desde o começo do ano, são para imóveis com recursos da caderneta de poupança (SBPE), que também podem ser comprados no feirão.

OFERTAS DAS CONSTRUTORAS

A construtora Cury participa do evento com imóveis a partir de R$118 mil. Segundo o diretor de Incorporações da empresa, Leonardo Mesquita, quem comprar durante o feirão terá descontos de até R$20 mil, além de TVs de 47 polegadas na aquisição de unidades prontas. As opções podem ser encontradas em Duque de Caxias, São Gonçalo, Nova Iguaçu e Rio.

A Mega 18 Construtora também oferece condições especiais durante o evento. O desconto chega a R$ 30 mil e prêmios como cozinha planejada. A empresa levará o Alto Nilópolis Residências, com preços a partir de R$ 400 mil, que podem ser financiados pelo SBPE. O empreendimento conta com unidades de três quartos, sendo um suíte e varanda com churrasqueira.

“O comprador pode aprovar o financiamento na hora e verificar qual o empreendimento se adequa ao orçamento”, diz Alexandre Reznik, diretor da Mega 18.

Já a Celta Engenharia terá 600 unidades distribuídas em quatro empreendimentos em Campo Grande, Freguesia (Jacarepaguá) e Santa Cruz. Os imóveis têm preços a partir de R$119.900 e todos os condomínios contam com lazer completo.

Juros estão mais altos para financiamentos do SBPE

Na semana passada, a Caixa anunciou aumento dos juros para financiamentos de imóveis residenciais contratados com recursos da poupança (SBPE). A alta vale para pessoas físicas, e imóveis de até R$ 750 mil. Outra mudança foi a redução da cota máxima de financiamento, de 90% para 80% do valor do imóvel nos financiamentos no sistema de amortização constante (SAC) e a 50% pela tabela Price.

Para o diretor executivo de estudos e pesquisas econômicas da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira, o movimento deverá ser seguido pelos demais bancos, já que a Selic vem apresentando elevação, frente a um ambiente de maior inflação.

Segundo a Anefac, considerando a taxa mais alta, de balcão, e um imóvel de R$ 625 mil, se o cliente da Caixa der o mínimo de 20% de entrada e financiar R$500 mil, passará a pagar 360 parcelas mensais de R$ 4.066,36 no valor total de R$ 1.463.889,60.

Com a taxa vigente até o dia 10, pagaria 360 parcelas mensais de R$ 3.937,07, totalizando R$ 1.417.345,20. Ou seja, houve elevação de 3,28% na prestação e no financiamento correspondente a R$ 129,29 na prestação e de R$46.544,40, no total.

Para servidores que recebem salário no banco, a taxa, que era 8,50% foi a 8,80% ao ano. Antes, pagariam 360 parcelas mensais de R$3.724,74, num total de R$1.340.906,40. Agora, vão pagar 360 mensais de R$3.851,66 no valor de R$ 1.386.597,60.

CONFIRA

PARCEIROS

O 11º Feirão Caixa da Casa Própria em 2015 terá mais de 1.400 parceiros em 14 cidades em todo o país. São 660 construtoras e 390 correspondentes imobiliários do banco, além de 354 imobiliárias que ocuparão estandes dos eventos.

200 MIL IMÓVEIS

A previsão inicial é de que o número de imóveis ofertados seja superior a 200 mil. Serão 5.858 empregados envolvidos com a organização dos eventos deste ano.

DOCUMENTOS

Para agilizar a compra do imóvel é necessário apresentar identidade, CPF, comprovantes do estado civil e de residência, e contracheque ou extrato bancário dos três últimos meses.

INFORMAÇÕES

Os interessados podem obter informações em todas as agências da Caixa ou pelo Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) pelo 0800 726 0101, disponível 24 horas por dia, inclusive nos fim de semana.

Tome nota

R$ 190 MIL

Esse é teto do valor dos imóveis enquadrados no programa habitacional do governo federal ‘Minha Casa, Minha Vida’. Essas unidades serão o foco do feirão.

14

Número de cidades que vão participar do Feirão da Casa Própria este ano. Segundo o diretor de Habitação, Teotonio Rezende, houve a ampliação da quantidade de cidades no evento.

4/4 a 14/6

Período em que nos fins de semana a Caixa Econômica Federal vai promover a 11º edição do Feirão da Casa Própria em 14 cidades do país.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia