DISCRIMINAÇÃO

Por

A juíza da 45ª Vara do Trabalho, Claudia Pisco, determinou que uma funcionária portadora do vírus HIV seja reintegrada em uma empresa do ramo de comércio eletrônico. Alegou que a dispensa foi discriminatória por causa da condição de saúde da empregada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários